Ayreon – Transitus (Um Metal por Dia)

Ayreon – Transitus

O Ayreon, apesar de não ter a mesma popularidade do Avatansia, é um dos projetos de opera-rock mais conceituados do meio heavy metal.

Capitaneado pelo guitarrista holandês Arjen Lucassen, a franquia – que já reuniu estrelas do calibre de Andi Deris, Bruce Dickinson, James Labrie e Hansi Kursch – acabou de chegar ao seu décimo trabalho de estúdio, chamado “Transitus“.

Apostando mais uma vez numa sonoridade complexa e progressiva, o Ayreon segue contando aqui as suas histórias de ficção científica, em um álbum extremamente bem elaborado, repleto de interlúdios teatrais, narrações e ambientações melódicas.

Com um novo time de colaboradores, que conta com os vocalistas Tommy Karevik (Kamelot), Amanda Sommerville, Simone Simons (Epica) e Dee Snider, mais os brilhantes guitarristas Joe Satriani e Marty Friedman, entre outros mais, “Transitus” impressiona não só pelo seu line-up, mas também pela grandiosidade do seu repertório.

O registro, que é duplo e compila 22 faixas, até parece, em certos momentos, ser um musical metálico da broadway.

As interpretações caprichadas e a riqueza de detalhes instrumentais fazem de “Transitus” um álbum para ser digerido aos poucos. o talento de Lucassen para compor é inegável, mesmo que muitas dessas composições não tenham nenhum apelo radiofônico.

Importantes dentro do contexto da obra e difícil de serem analisadas individualmente, “Listen To My Story“, “Get Out! Now“, “Condemned Without A Trial” e “The Human Equation” são composições bem construídas, diversificadas, que aliam peso, melodia e elementos sinfônicos na medida certa.

Totalmente alheio ao imediatismo imposto pelos singles, “Transitus” é uma obra que precisa ser absorvida na sua integralidade.

A versão em vinil do disco ainda tem um atrativo extra, um Comic Book de 28 páginas que conta a história de “Transitus” em quadrinhos.

Um dos grandes discos de 2020!





Sobre o autor