Living Colour anuncia turnê pela América Latina com shows no Brasil

Crédito da Imagem: Divulgação
Crédito da Imagem: Divulgação

Lendária banda norte-americana retorna com shows explosivos e repleto de hits

Um dos mais importantes nomes do rock norte-americano, o Living Colour está de passagem marcada pela América Latina em Outubro. No Brasil, a banda se apresenta em Belo Horizonte (Mister Rock, 11 de outubro), São Paulo (Tokio Marine Hall, 12 de outubro) e Brasília (Toinha, 13 de outubro). A turnê também passa por Chile e Argentina.

As datas anunciadas pela Top Link Music são:
11 de Outubro – Belo Horizonte @ Mister Rock – https://articket.com.br
12 de Outubro – São Paulo @ Tokio Marine Hall – https://www.eventim.com.br
13 de Outubro – Brasília @ Toinha Brazil – https://www.clubedoingresso.com
15 de Outubro – Santiago @ Club Chocolate – https://www.eventrid.cl
17 de Outubro – Buenos Aires @ Teatro Flores – https://www.passline.com

Esta será a primeira vinda da banda após a explosiva participação no Rock in Rio 2022, no qual se apresentaram ao lado do consagrado guitarrista Steve Vai, em um dos melhores shows de todo o festival. Curiosamente, a primeira vinda do Living Colour ao país também foi em um grande festival: Hollywood Rock, em 1992, com shows em São Paulo e Rio de Janeiro. No total, estiveram dez vezes no Brasil.

O Living Color é uma banda de rock norte-americana, formada em Nova Iorque no ano de 1984. A formação conta com o guitarrista Vernon Reid, o vocalista Corey Glover, o baterista Will Calhoun e o baixista Doug Wimbish. A música do conjunto é uma fusão criativa influenciada pelo free jazz, funk, hard rock e heavy metal. Por sua vez, as letras variam de aspectos pessoais aos políticos, em alguns dos últimos casos, atacando o eurocentrismo e o racismo na América.

PUBLICIDADE

O grupo tem seis álbuns de estúdio lançados. Alcançaram a fama com o disco de estreia, Vivid, em 1988. Entre grandes sucessos, está o imenso hit “Cult of Personality”, que ganhou um Grammy de Melhor Performance de Hard Rock em 1990. Foram nomeados Melhor Artista Revelação no MTV Video Music Awards de 1989 e ganharam outro Grammy com o álbum “Time’s Up” (1990). Após um hiato, se reuniram no final de 2000 e lançaram mais três trabalhos: “Collideøscope” (2003), “The Chair in the Doorway” (2009) e “Shade” (2017).

Confira todos os detalhes em @toplinkmusic.

Assessoria de Imprensa:
Isabele Miranda

PUBLICIDADE