Terra sem Mapa tem apresentações nos dias 14 e 15 de julho no teatro do CHC Santa Casa

Projeto que estreou com temporada lotada no Zona Cultural celebra 45 anos de teatro e amizade de Mirna Spritzer e Sergio Lulkin

Quarenta e cinco anos de dedicação ao teatro e de amizade se celebram no palco, com duas apresentações nos dias 14 e 15 de julho: Mirna Spritzer e Sergio Lulkin comemoram mais de quatro décadas de trajetória profissional iniciada no mesmo espaço, o Teatro de Arena de Porto Alegre, com “Terra sem Mapa“, que após estreia no Zona Cultural com temporada lotada em todas as sessões, chega ao teatro do Centro Histórico-Cultural Santa Casa. Nesta criação autoral, reúnem-se por suas semelhanças artísticas e seus diferentes caminhos de formação para dar corpo a uma dupla que há muito se desenha: Vrum e Luba.

Apaixonados por Teatro, Vrum e Luba resolvem fazer um espetáculo. Em cena, eles revivem lendas e casos e narram histórias de vida e de morte, de exílios e encontros, de casas deixadas para trás e de novos lares. Entre bênçãos e pragas, dançam as lembranças e miram as estrelas. Viajantes de um tempo imaginado perambulam pela terra sem mapa da Memória.

Esse universo de narrativas brota de fontes literárias sobre migrantes que aportam em novos mundos onde as pessoas buscam vida, alimento e futuro. Correm riscos, no limite da vida e da morte e desembocam na cena que é desenhada no espaço puro, denso de luz e sombra, e por textos diversos apropriados por dois tipos que habitam a memória familiar”, contam Mirna e Sérgio.

O espetáculo apresenta imagens advindas da memória, das palavras e dos corpos em desenho no espaço. Profundamente apoiado no trabalho da atriz e do ator em relação com a luz, a sombra, o silêncio e a música. Humor e melancolia se mostram no movimento e na pausa. E no vazio imenso e intenso do palco aberto ao jogo e à contracenação. 

Após o primeiro encontro, há 45 anos, a dupla de artistas cruzou por muitas vezes, em diversos âmbitos profissionais, ambos com experiências em diferentes linguagens como o teatro, o rádio, cinema e televisão. Estudantes do Departamento de Arte Dramática e Docentes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul/UFRGS, onde também realizaram seu Doutoramento na área da Educação. Em “Terra sem Mapa“, reúnem-se para a criação autoral após a experiência desses personagens com teatro online e vídeo, decidem ancorar seus desejos artísticos no Estúdio Stravaganza, onde trabalharam com práticas diversas, jogos, dramaturgias e ensaios. Assim, após trabalhos com diferentes direções e meios, iniciam aqui uma nova trajetória onde são criadores artísticos da cena em que habitam. 

Mirna e Sérgio estiveram juntos nos filmes O Mercado de Notícias, direção de Jorge Furtado, Antes que o mundo acabe, direção de Ana Luiza Azevedo e no telefilme Doce de Mãe, direção de Jorge Furtado e Ana Luiza Azevedo para TV Globo, todas produções da Casa de Cinema de Porto Alegre. No teatro contracenaram no icônico O casamento do pequeno burguês, de Brecht, com direção de Irene Brietzke, em 1978. Mirna integrou o Teatro Vivo, sob direção de Irene Brietzke, de 1979 a 2001, Sergio integrou o grupo TEAR sob direção de Maria Helena Lopes, de 1980 a 2002.

Terra sem Mapa” conta com colaboração artística de Carlos Mödinger, figurinos de Rô Cortinhas, desenho de luz de Ricardo Vivian, música original de Gustavo Finkler, identidade visual de Leandro Selister e produção de Mirna, Lulkin e Renata Stein. O espetáculo estará em cartaz nos dias 14 e 15 de julho às 20h, com ingressos a partir de R$ 30,00 antecipados pelo Entreatos Divulga

Dias: 14 e 15 de Julho – de quinta-feira a domingo, 20h
Onde: Teatro do CHC Santa Casa | Av. Independência, 75 – Centro Histórico
Ingressos: R$ 60,00 inteira e R$ 30,00 meia
Ingressos antecipados: https://www.entreatosdivulga.com.br/terrasemmapa 
Duração: 55 minutos
Classificação: Livre

FICHA TÉCNICA:
Criação e Atuação: Mirna Spritzer e Sergio Lulkin
Colaboração Artística: Carlos Mödinger
Figurino: Rô Cortinhas
Iluminação: Ricardo Vivian
Operação de luz: Ricardo Vivian e Fabi Santos
Trilha sonora original: Gustavo Finkler
Operação de som: Luiz Manoel e Fabi Santos
Identidade Visual: Leandro Selister
Fotografia: Adriana Marchiori
Assessoria de imprensa: Bruna Paulin – Assessoria de Flor em Flor
Produção: Mirna Spritzer, Renata Stein e Sergio Lulkin

Assessoria de Imprensa:
Bruna Paulin – Assessoria de Flor em Flor

Crédito da Foto:
Renata Stein