Maíra Manga e Sérgio Santos comentam o álbum Lá em bate-papo virtual do projeto Obras Comentadas neste sábado, dia 19 de março

Pics Música e Cultura | Maíra Manga e Sérgio Santos comentam o álbum Lá em bate-papo virtual do projeto Obras Comentadas neste sábado, dia 19 de março

O evento poderá ser acompanhado gratuitamente, às 16h, pelo canal do YouTube do músico Felipe Antunes, mediador da conversa

Em sua segunda edição neste ano, o projeto Obras Comentadas recebe a cantora e compositora mineira Maíra Manga para falar sobre o seu álbum de estreia, , lançando recentemente, no fim de 2021.

O bate-papo, conduzido pelo músico e mediador Felipe Antunes, ainda terá participação de Sérgio Santos, responsável pelas composições, arranjos e produção do disco que valoriza o diálogo da voz da intérprete com diferentes instrumentos musicais.

O encontro, promovido pelo Centro Cultural 25 de Julho de Porto Alegre, poderá ser acompanhado no dia 19 de marçosábado, às 16h, pelo YouTube (www.youtube.com/feantrio).
 
Filha do compositor Célio Manga, Maíra cresceu com a música sempre presente em sua vida. Seu primeiro álbum reúne 12 canções, todas inéditas, sendo quatro assinadas somente por Sérgio Santos e oito feitas em parceria com Paulo César Pinheiro. As letras falam de amor, da natureza e das belezas do Brasil. A formação da banda que participou das gravações reúne poucos instrumentos, como o violão de Sérgio, o piano e o acordeom de Rafael Martini, o clarinete de Luca Raele e o violoncelo e as percussões de Felipe José.
 
Sobre os participantes
Maíra Manga
 iniciou seus estudos de canto no Centro de Formação Artística do Palácio das Artes, em Belo Horizonte, no ano de 2007, e em seguida ingressou no Curso de Música (Licenciatura em Canto) pela Universidade Federal de Goiás. Já se apresentou ao lado de importantes nomes da música brasileira como Celso Murilo, Nailor Proveta e André Mehmari.
 
Sérgio Santos nasceu em Varginha, no sul de Minas Gerais. No começo de sua carreira, em 1982, participou como cantor do espetáculo Missa dos Quilombos, de Milton Nascimento. A partir daí, aperfeiçoou seus conhecimentos musicais como violonista, intérprete, arranjador e compositor. Em 1991, conheceu o poeta Paulo César Pinheiro que veio a se tornar o seu grande parceiro. Com ele, compôs uma obra de mais de 250 músicas, cantadas por artistas como Leila Pinheiro, Joyce, Ana de Hollanda, Alcione, Fátima Guedes, Simone Guimarães, Cláudio Nucci, Olívia Hime e Milton Nascimento.
 
Coordenador e ministrante do projeto Obras Comentadas, Felipe Antunes é músico e produtor. Desde 2006, organiza recitais temáticos no Clube de Mães da Vila Assunção, já tendo apresentado trabalhos sobre Noel Rosa, Braguinha, Aldir Blanc, Dorival Caymmi, Ary Barroso, Adoniran Barbosa, Tom Jobim, Gilberto Gil, Caetano Veloso, Chico Buarque e Hermínio Bello de Carvalho.
 
SERVIÇO – PROGRAMAÇÃO ONLINE – MÚSICA
18ª edição do projeto Obras comentadas:  (2021)
Com os convidados Maíra Manga e Sérgio Santos e o coordenador e mediador do projeto Felipe Antunes
Dia 19 de março, sábado, às 16h
Gratuito, pelo canal do projeto no YouTube (www.youtube.com/feantrio)

 
Quem quiser colaborar com a produção do Obras Comentadas pode contribuir com valor espontâneo na conta do Centro Cultural 25 de Julho:

PUBLICIDADE

  • CEF – 104,  Agência 1591,  Conta 291-9, Operação 003, CNPJ 92911270/0001-72
  • PIX [email protected].

O valor arrecadado será repassado integralmente ao projeto.

Informações para a imprensa:
Jéssica Barcellos Comunicação

Fotos:
Thiago Monteiro e Paulo Santos

PUBLICIDADE