Projeto Obras Comentadas recebe Pichu Borrelli e Edgard Poças para bate-papo virtual sobre o álbum infantil “Cada um com seu cada um”



O Centro Cultural 25 de Julho de Porto Alegre apresenta a 14ª edição do projeto Obras Comentadas, o evento será transmitido gratuitamente no dia 16 de outubro, sábado, às 16h, com mediação do músico Felipe Antunes

A programação mensal, coordenada e ministrada pelo músico Felipe Antunes, recebe em outubro o compositor, pianista, contrabaixista, violonista e arranjador Pichu Borrelli e o compositor, letrista, professor e maestro Edgard Poças para falar sobre o álbum infantil Cada um com seu cada um, lançado por eles em 2019 com 12 faixas autorais em homenagem a grandes compositores brasileiros. O bate-papo será transmitido gratuitamente no próximo dia 16sábado, às 16h, pelo canal do YouTube do Obras Comentadas (www.youtube.com/user/feantrio).
 
A iniciativa, que realiza audições de diferentes produções musicais com comentários dos artistas envolvidos, iniciou sua parceria com o Centro Cultural 25 de Julho em plena quarentena e, desde então, já recebeu o conjunto MPB4 para conversar sobre o seu DVD de 50 anos, O Sonho, a Vida, a Roda VivaCelso Viáfora e Pablo Trindade falando sobre Cantando em bandoGuinga e Leila Pinheiro comentando Catavento e Girassol; e muitos outros artistas em encontros virtuais que estão disponíveis no canal do YouTube do projeto.
 
Sobre os participantes desta edição
 
Pichu Borrelli é compositor. Trabalhou em grandes produtoras de trilhas publicitárias para rádio, TV e cinema. Também produziu, arranjou e dirigiu o CD Amor até o fim, dos Trovadores Urbanos, vários trabalhos dos Trovadores Urbanos Mirins, além de ter feito a direção musical da Camerata Violonística São Marcos com gravações de peças eruditas.  Como pianista, violonista e contrabaixista, trabalhou com personalidades como Leni Andrade, Marcio Montarroyos, Léa Freire, Pery Ribeiro, Nana Caymmi, Jane Duboc, Filó Machado, Yvette Matos e os internacionais Alexia e Netzwerk. Em 2006, criou e dirigiu o Projeto Canteiro, com músicas da arte-educadora Margareth Darezzo.
 
Edgard Poças iniciou sua vida musical cedo, aos 15 anos, ao se apresentar no programa da TV Excelsior Brasil 61, de Bibi Ferreira, onde, de cara, conheceu João Gilberto e o compositor Wilson Batista. Compõe músicas para crianças desde a década de 1980, quando começou a escrever seu nome na história da música infantil brasileira ao criar e lançar A Turma do Balão Mágico. É também autor de grandes letras interpretadas por nomes como Gal Costa, Tim Maia e Erasmo Carlos. Em seu currículo, soma mais de 200 títulos gravados, 11 discos de ouro e quatro de platina.
 
Coordenador e ministrante do projeto Obras Comentadas, Felipe Antunes é músico e produtor. Toca violão desde os oito anos de idade, e já se apresentou em alguns locais de Porto Alegre, como a Sala Álvaro Moreira e a Casa de Cultura Mário Quintana. Desde 2006, organiza recitais temáticos no Clube de Mães da Vila Assunção, já tendo apresentado trabalhos sobre Noel Rosa, Braguinha, Aldir Blanc, Dorival Caymmi, Ary Barroso, Adoniran Barbosa, Tom Jobim, Gilberto Gil, Caetano Veloso, Chico Buarque e Hermínio Bello de Carvalho.
 
SERVIÇO – PROGRAMAÇÃO ONLINE – MÚSICA
Obra comentada: Cada um com seu cada um
Com o coordenador e mediador do projeto Felipe Antunes e os convidados Pichu Borrelli e Edgard Poças
Dia 16 de outu​bro, sábado, às 16h
Gratuito, pelo canal do projeto no YouTube (www.youtube.com/feantrio)

 
Quem quiser colaborar com a produção do Obras Comentadas pode contribuir com valor espontâneo na conta do Centro Cultural 25 de Julho: Caixa Federal – 104,  Agência 1591,  Conta 291-9, Operação 003, CNPJ 92911270/0001-72 / PIX [email protected]. O valor arrecadado será repassado integralmente ao projeto.

Assessoria de Imprensa:
Jéssica Barcellos Comunicação


Sobre o autor