Um dos grandes nomes do cenário musical do País, Filipe Catto abre a 3ª edição do projeto Mistura Fina, nesta quinta-feira, dia 21/01, às 18h30min, com transmissão pelo Facebook. O cantor e compositor gaúcho ganhou fama nacional ainda muito jovem, ao dividir o palco com grandes estrelas da música nacional e assinar trilhas para telenovelas.

Foto: Lorena Dini

Para esta edição do Mistura Fina, Filipe Catto selecionou um repertório que abrange alguns dos seus grandes sucessos, como as autorais “Adoração”, “Lua Deserta” e “Saga”; duas composições em parceria, como “Só Por Ti” (com Zélia Duncan) e “Torrente” (com Fabio Pinczowski), e de outros compositores, como “Canção de Engate” (Antônio Variações), “É Sempre o Mesmo lugar” (Rômulo Fróes, César Lacerda) e “Eu Não Quero Mais” (Igor de Carvalho, Juliano Holanda).

Com produção da Primeira Fila Produções, curadoria de Arthur de Faria, apoio do Theatro São Pedro e OVNI Acessibilidade Universal, financiamento do Pró-Cultura RS e patrocínio da Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul (Sulgás), o Mistura Fina chega ao seu terceiro ano, exibindo a pluralidade da produção musical que se destaca no cenário local, estadual e internacional. Ao longo deste período, contemplou mais de 200 artistas, atingindo um público, aproximado, de 4 mil pessoas. Proporcionando muita diversidade artística, conta ainda com serviço de mediação audiodescrita, realizada pela Ovni Acessibilidade Universal.

Mistura Fina – Música para Fugir do Trânsito apresentou grandes expressões da música nos últimos anos, com convidados especiais em temperados shows com arte e alta performance artística no Foyer do Theatro São Pedro. Desde abril de 2020, a iniciativa se reinventa e segue em formato virtual pelas redes sociais do projeto e canal do YouTube do Theatro São Pedro.

Sobre Filipe Catto:

Filipe Catto é cantor, instrumentista, compositor, ilustrador e designer. Ganhou fama ainda muito jovem, com um trabalho voltado para a MPB, o samba e o tango moderno, mas com o tempo, avançou para outros gêneros, como o jazz, o rock e o bolero, entre outros. Já dividiu o palco com outros grandes artistas nacionais, como Maria Bethânia, Ney Matogrosso, Vanessa da Matta, Toquinho, Daniela Mercury, Zélia Duncan, Arnaldo Antunes, Nando Reis, Dzi Croquettes, entre outros. Suas canções são conhecidas por constarem em trilhas sonoras de sucesso, como: Saga (trilha da novela Cordel Encantado); Quem É Você (trilha da novela Sangue Bom),  Adoração (trilha da novela Saramandaia) ; Flor da Idade; (trilha da novela Joia Rara).

Apesar de se definir com frequência como intérprete, é o compositor da maioria de seus sucessos, como “Saga”, “Lua Deserta”, “Dias e Noites”, “Torrente”, “Depois de Amanhã”, “Redoma” e “Roupa do Corpo”. Na adolescência, participou de algumas bandas com influências de rock. Em 2006 iniciou sua carreira solo e começou a se apresentar em bares e divulgar seu trabalho pela internet. Em 2008 montou com o diretor João Pedro Madureira o show Ouro e Pétala, composto de voz, violão e palmas e se apresentou em teatros. Quando se viu pronto, lançou pela internet o EP Saga em 2009 para download gratuito, o que marcou o início sua carreira profissional. Em 2010 mudou-se para São Paulo e seu trabalho começou a ganhar mais visibilidade. Em 2011 a música “Saga” entrou para a trilha sonora da novela Cordel Encantado. Filipe Catto assinou contrato com a gravadora Universal Music e gravou o seu primeiro álbum: Fôlego. Em novembro de 2011 estreou a turnê Fôlego no Theatro São Pedro (Porto Alegre). No dia 8 de setembro de 2015, foi lançado Tomada, seu segundo álbum de estúdio de forma independente. O show de lançamento do disco ocorreu em 14 de novembro de 2015, no Auditório Ibirapuera, em São Paulo.

Em 2017, estreou a aclamada turnê Over na Casa Natura Musical, em São Paulo. No mesmo ano, participa de uma série de shows dividindo o palco com nomes consagrados da música brasileira: inauguração da Casa Natura Musical, em São Paulo, ao lado de Maria Bethânia, Vanessa da Matta, Johnny Hooker, Xenia França e Mestrinho. Homenagem a Vinicius de Moraes, no Espaço das Américas, ao lado de Toquinho e Daniela Mercury. Homenagem a Cauby Peixoto no Bar Brahma, este sem a participação de outros cantores. Cauby havia citado Filipe Catto como um dos novos cantores que ele mais admirava. No dia 24 de novembro de 2017, lançou seu terceiro disco de estúdio, CATTO. Com duas pré-estreias em Portugal e três shows esgotados no Sesc Vila Mariana, Filipe lançou a turnê “O Nascimento de Vênus Tour, do disco CATTO, no início de 2018, com muitos elogios da crítica especializada. Levou a turnê aos Estados Unidos, com três shows no festival SxSW, em Austin, Texas, Madrid, Buenos Aires. Barcelona diferentes cidades de Portugal.

SERVIÇO:

Filipe Catto na abertura do MISTURA FINA
Dia 21 de janeiro de 2021, QUINTA FEIRA, a partir das 18h30
Facebook: https://www.facebook.com/misturafinamusica
Gênero: Livre | Classificação etária: Livre

0