Alceu Valença apresentou no dia 25 de novembro no Auditório Araújo Vianna seu novo show Anjo de Fogo, onde explora as diferentes vertentes de sua música, num espetáculo intenso, pesado e visceral.

Entre cabeleiras vermelhas e raios de sol lilás, Alceu trafega por seu repertório dos anos 70, em temas repletos de metáforas e psicodelia como Agalopado, Papagaio do Futuro, Espelho Cristalino, Táxi Lunar e Anjo de Fogo.

Do artista consagrado, repleto de sucessos populares, a partir dos anos 80 e 90, estão Tropicana, Anunciação, Como dois animais, Belle de Jour, Marim dos Caetés.

Do século XXI, e para além dele, a Embolada do Tempo ecoa seu petardo rítmico em versos demolidores.

Outras vertentes são contempladas: o forró, o xote e o baião aparecem em canções autorais – Cabelo no Pente, Coração Bobo – e clássicos de Luiz Gonzaga, como Xote das Meninas e Sabiá.

O frevo levanta a massa em Olinda, Quero Cantar, Diabo Louro, Bicho Maluco Beleza.

Como o vento que varre a cidade, o Anjo de Fogo de Alceu espana a poeira da caretice, vai ao cinema e cospe no chão!

Realização: Opus Promoções

Foto: Alex Vitola / @alexvitola

Todos os direitos reservados.
Proibida reprodução sem autorização.