Raiz Amarga – Por que esta noite é diferente de todas as outras?, com dramaturgia de Clóvis Massa e Letícia Schwartz, estreia dia 31 de agosto

A montagem permanece do dia 31 de agosto a 3 setembro, sempre às 20h, Teatro do Centro Histórico-Cultural da Santa Casa e traz no elenco a própria autora, Letícia Schwartz, e Arlete Cunha

Com dramaturgia de Clóvis Massa e Letícia Schwartz, a partir de textos de Letícia Schwartz, o projeto nasce em meados de 2020 quando Letícia, atriz e audiodescritora, convida Clóvis Massa, diretor e professor titular do Departamento de Arte Dramática da UFRGS, a desvendar possíveis caminhos dramatúrgicos para um delicado material de memórias: os relatos de sua avó, Reli Blau, uma sobrevivente do Holocausto.

Como contar essa história? O Sêder de Pessach, a páscoa judaica, surge como resposta: rememorar um trauma através de um ritual de celebração da vida. A partir disso, constroem juntos o roteiro e a encenação da peça “Raiz Amarga – Por que esta noite é diferente de todas as outras”. A montagem teatral mescla as memórias da atriz com as etapas, histórias e cânticos que envolvem o ritual da primeira noite da páscoa judaica. Ao lado de Letícia, a atriz Arlete Cunha une-se à celebração do Pessach onde o público é convidado a partilhar alimentos, traumas e alegrias da família cuja matriarca foi uma sobrevivente do campo de extermínio de Auschwitz. A direção é de Clóvis Massa e o espetáculo tem sua estreia financiada pelo Edital de Incentivo à Montagem de Novos Espetáculos do Centro Histórico-Cultural da Santa Casa.

A disposição cenográfica, especialmente pensada para o palco do Teatro da Santa Casa, propicia a proximidade das atrizes com os espectadores. A proposta se vale dessa proximidade do público para enfatizar a dimensão sensorial da recepção ao longo da narrativa, propondo que cada pessoa seja potencialmente afetada pelos testemunhos verídicos de maneira sensível. No dispositivo cênico da montagem, situado diretamente no palco, o público é convidado a vivenciar a experiência do ritual dentro da caixa cênica, transformada em sala de jantar: o manuseio de mesa, cadeiras, pratos, taças e vinho, além de comidas que resguardam o simbolismo da fuga do povo judeu do Egito, fornecem à atmosfera do espetáculo a dose necessária de intimidade para sua acomodação, com as atrizes contando histórias e tecendo comentários pontuais, olho a olho, sobre os acontecimentos tratados de acordo com as etapas do ritual (Sêdar, em hebraico, significa “ordem”).

PUBLICIDADE

A temática presente na noite de Pessach, em que se recorda a história do Êxodo e a libertação do povo de Israel, é atravessada pela trajetória da família de Letícia, de sua avó sobrevivente do campo de concentração de Auschwitz e do impacto do Holocausto nas gerações seguintes. Desse modo, os principais momentos da cerimônia da páscoa judaica servem como marcos para abordar o sofrimento dos judeus na Segunda Guerra Mundial, mas também a repressão submetida a outras minorias até os dias de hoje. Busca-se acolher um público de forte tradição cultural e artística, mas que raramente se encontra representado no teatro gaúcho, ao mesmo tempo em que se pretende, por meio deste universo particular, tratar de temas que atingem diretamente outras comunidades.

FICHA TÉCNICA
Elenco | Arlete Cunha e Letícia Schwartz
Direção | Clóvis Massa
Dramaturgia | Clóvis Massa e Letícia Schwartz, a partir de textos de Letícia Schwartz
Produção | Naomi Siviero
Assistência de produção | Carla Cassapo
Iluminação | Carol Zimmer
Cenografia e ambientação | Clóvis Massa
Cenotécnica | Rodrigo Shalako
Trilha sonora | Daniel Roitman
Figurinos | O grupo
Audiodescrição | Mil Palavras Acessibilidade Cultural
Consultoria em cultura judaica | Marcos Weiss Bliacheris
Captação de recursos | Giuliana Neuman Farias
Fotos | Bernardo Jardim Ribeiro
Assessoria de Imprensa | Bebê Baumgarten
Apoios: B’nai B’rith Porto Alegre e Hotel Garibaldi
Duração: 65 min
Redes: https://www.instagram.com/espetaculoraizamarga

Financiamento da estreia: Edital de Incentivo à Montagem de Novos Espetáculos do Centro Histórico-Cultural da Santa Casa

PUBLICIDADE

SERVIÇO:
O que: Raiz Amarga – Por que esta noite é diferente de todas as outras?
Quando: 31 de agosto, 1, 2 e 3 de setembro, às 20h
Onde: Teatro do Centro Histórico-Cultural da Santa Casa – Av. Independência, 75
Capacidade de público: 33 pessoas por sessão
Ingressos no Sympla: https://www.sympla.com.br/evento/raiz-amarga/2109217
Inteira R$ 50,00
Meia-entrada R$ 25,00

Assessoria de Imprensa:
Bebê Baumgarten Comunicação

Crédito da Foto:
Bernardo Jardim Ribeiro

PUBLICIDADE