Rincon Sapiência anuncia terceiro disco com “Xona”, single com raízes nos afrobeats

Rapper explora linguagem do afeto em prévia do álbum previsto para este ano

Numa energia de carinho, sensualidade e romantismo, “Xona”, single que abre os caminhos para Um Corpo Preto, terceiro disco de Rincon Sapiência, é a trilha para momentos como quando dois corpos se encontram para dançar e, com as batidas dos corações alinhadas, transformam a vida em uma doce e afetuosa festa. Com linguagem marcadamente presente dos afrobeats, alvo de pesquisa e produção musical de Rincon ao longo de sua carreira, a faixa chegou às plataformas de streaming de áudio no dia 26 de maio (ouça aqui), acompanhada de um videoclipe no canal de YouTube do artista(acesse aqui). O novo álbum está previsto para este ano. 

Falando de amor – tema universal e, ao mesmo tempo, específico, por tratar de relacionamentos afrocentrados –, “Xona” tem raízes na música pop africana contemporânea e desliza de uma ponta a outra pelas características mais marcantes das produções do continente. “Optei por usar exclusivamente as linguagens de afrobeats nessa faixa, tanto na produção musical quanto na composição. Ela tem mais melodia, mais repetição de frases, que são clichês na construção de afrobeats. Neste disco, foi a faixa com que mais mergulhei no estilo”, explica Rincon

O vocabulário usado pelo rapper é daqueles de quem se declara à pessoa amada falando de afeto sem deixar de lado os acontecimentos e os corres da vida. “As músicas românticas não são maioria no meu repertório, mas é algo que já abordei e adoro consumir. O grande detalhe é que, ao compor, gosto sempre de trazer profundidade, e fiz isso neste single falando da relação afetiva entre duas pessoas que vivem os enfrentamentos do dia a dia. E isso sem tirar a sutileza da mensagem da música”, avalia o rapper.

PUBLICIDADE

Para o álbum Um Corpo Preto, a experiência de vida de negros e negras, suas alegrias e suas complexidades se ramificam em diferentes roupagens, estilos e letras. “Xona”, neste caso, evidencia o cotidiano do amor afrocentrado. “Existe uma beleza e uma união bonita na relação entre pessoas negras, mas também se tratam de dois corpos que individualmente passam por muitos enfrentamentos. Então, tem essa parte romântica, mas também tem a que faz com que esse tipo de relacionamento seja sutil e necessite entendimento de ambas as partes”, detalha Rincon. “Porque no dia a dia a gente passa por diversas coisas e isso impacta na pessoa que a gente está mais perto. Posso dizer que esse detalhe conduziu muito a composição, mas escolhi deixar o afeto e o carinho em primeiro plano”, comenta ele.

No videoclipe, a temática da música reverbera em cores, danças e no elenco convidado para fazer parte do material audiovisual. “Tudo, do estilo das roupas e de quem aparece lá às referências dos afrobeats, está dialogando com a proposta da faixa. A ideia é que, com o clipe, ela tenha um impacto musical, visual e ideológico também”, analisa o artista.

Com o lançamento de “Xona”, Rincon valoriza não só o retorno às referências que o fizeram chegar até esse momento da trajetória artística como a possibilidade de encontrar novos corações dispostos a ouvir o que ele tem a dizer. “Tem um trabalho de resgate do que já fiz, mas tem um lugar de fazer o que não fiz, de conquistar novos corações. Esse tipo de discurso, do afeto, quando bem falado e bem colocado, talvez ajude as pessoas. Porque são coisas que todo ser humano vive ou quer viver; afeto, saudade, romance, sensualidade. De alguma forma, estou tentando conversar com o máximo de pessoas possíveis neste primeiro single. É uma tentativa de fazer uma música boa que possa tocar o máximo de pessoas possíveis e seja entendida por elas”, analisa o artista.

PUBLICIDADE



Ficha Técnica:
Música
Autor: Rincon Sapiência
Voz: Rincon Sapiência
Produção Musical: Rincon Sapiência 
Gravado e mixado por Rincon Sapiência no Estúdio MGoma 
Masterização: Rincon Sapiência no Estúdio MGoma 
Selo: MGoma
Editora: MGoma / BMG
Distribuição: Altafonte
Produção Executiva: Carol Jafet

Videoclipe
Concepção: Rincon Sapiência e Moysah
Roteirista: Moysah
Diretor: Moysah
Produção executiva: Julia Izuno Diniz
Produção artística e executiva: Carol Jafet
Assistente de produção: Raissa Lima
Diretor de Fotografia: Fydell Botti
Operador de câmera: Fernando Filó
Assistente de câmera: Rica
Assistente de elétrica: Beto
Dança: Will 
Diretora de Arte: Jamaikah Santarém
Contra regra: Emerson Figueiredo “Baby”
Edição: Moysah 
Color Grading: Moysah
Stylist: Mister Prav 
Assistente Stylist: Marleyse Morais 
Casting/ elenco: Agência Guetto, Kiko de Sousa, Pé Beat
Acervo: Arara Criativa 
Look afros: Coração da África 
Make: Letícia Gonçalves- Ayo Beauty
Hair: As Minas Empreende 
Hairstylist: Midiam Maria Gabriela, Mediane Melo, Carina Vidal
Fotógrafa Still: Isabelle India
Vídeos making of: Lucas Messias
Motorista: Jel
Catering: Edna Neres
Financeiro: Leandro Ambrosio
Designer: Milla Carol
Ilustrador capa: Jesso

Assessoria de Imprensa:
Trovoa Comunicação

PUBLICIDADE

Crédito da Foto:
Isabelle India

PUBLICIDADE