Natura Musical lança o videoclipe “Folha Sagrada”, de Dessa Ferreira, no YouTube 

Clipe que integra o projeto Dessa Ferreira – Música Afro-Indígena Contemporânea demarca as heranças indígenas da artista 

Folha Sagrada”, o segundo de uma série de três videoclipes que integram o projeto Dessa Ferreira – Música Afro-Indígena Contemporânea, patrocinado pela Natura Musical, foi lançado no Youtube no último dia 27 de abril, quinta-feira, no mês consagrado os povos originários no Brasil. No dia 28, sexta-feira, às 19h, haverá uma live de lançamento transmitida pela rede social da artista, tendo como convidada a pesquisadora e antropóloga indígena Célia Tupinambá.

Com roteiro de Raquel Kubeo, “Folha Sagrada” tem direção e produção audiovisual de Luis Ferreirah, direção de arte de Vanessa Rodrigues, produção de elenco de Gerônimo Franco e coordenação de produção de Silvia Abreu. A música de autoria de Dessa Ferreira, demarca as suas raízes indígenas, uma vez que ela desconhece, ao certo, o seu povo de origem, mas sabe que é do território piauense, de onde vem sua família.

O videoclipe propõe um diálogo com uma das maiores etnias presente no sudeste e no sul do Brasil (além do Paraguai, Argentina e Uruguai), onde o projeto está sendo realizado, mais especificamente na Tekoa Yvy Poty, em Barra do Ribeiro no RS, e contou com a brilhante participação da comunidade, que também se propôs a contar no clipe como é o modo de viver Mbya Guarani.

PUBLICIDADE

Assim foi construída cuidadosamente a narrativa audiovisual que une o roteiro da multiartista e pedagoga Raquel Kubeo, que é indígena amazônica do povo Kubeo, à vivência e ao cotidiano de uma aldeia Mbya Guarani do RS, com a composição de Dessa Ferreira, que tem raízes indígenas nordestinas. A sua composição fala sobre as características e a história de um encantado da floresta, o caboclo Tupinambá, cultuado em diversas casas de religião de matriz afro-indígena, como a Jurema Sagrada e a Umbanda.

O elenco é protagonizado por Dessa Ferreira e conta com a participação de artistas Mbya Guarani. São eles: Fátima Fernandes, Joana Morinico, João Miguel Benites, Julinho Fernandes, Mikaela Franco, Roberta Fernandes, Sandra Franco, Santiago Franco, Tauane Fernandes. O vídeo também estará disponível em sua versão inclusiva (audiodescrição e libras).

Dessa Ferreira – Música Afro-Indígena Contemporânea foi selecionado pelo edital Natura Musical, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura do Rio Grande do Sul (Pró-Cultura), ao lado de Bê Smidt, Circuito Orelhas, Feijoada Turmalina e Gravina DasMina, por exemplo. No Estado, a plataforma já ofereceu recursos para 45 projetos até 2021, como Filipe Catto, Tem Preto no Sul, Borguetti e Yamandu, Zudizilla, Sons que Vem da Serra e Thiago Ramil. O projeto é uma realização de Silvia Abreu Comunicação e Gestão Cultural Ltda.

PUBLICIDADE

A música é um potente veículo de conexão. Os projetos selecionados pelo edital Natura Musical representam diferentes pontos de vista e perspectivas e têm o poder de conectar conhecimentos e referências para promover novos imaginários. Essa é mais uma tecnologia social que vai impulsionar mudanças no presente e projetar o futuro, afirma Fernanda Paiva, Head of Global Cultural Branding.

O PROJETO
O trabalho de Dessa Ferreira demarca o protagonismo negro e indígena na música e na cultura e se propõe a pensar essas duas raízes como base da formação cultural brasileira, que, devido à colonização, foi e segue sendo apagada, desvalorizada e invisibilizada. Sua produção também aborda racismo e etnocídio, bem como o apagamento das referências indígenas e negras na história da sua família, que também se reflete na história de muitas pessoas no Brasil.

Dessa Ferreira – Música Afro-Indígena Contemporânea consiste na produção de três videoclipes das faixas do álbum Pulso, primeiro trabalho autoral solo da artista brasiliense. Os próximos lançamentos irão ocorrer entre abril e maio, nas plataformas digitais. Completa o projeto a entrega de três lives e três podcasts com convidades especiais.

PUBLICIDADE

SOBRE DESSA FERREIRA
Dessa Ferreira é produtora musical, percussionista, cantora, compositora, multi-instrumentista, artivista, arte-educadora negra, indígena, bissexual, cria da periferia do Distrito Federal e bacharel em Música Popular pelo Instituto de Artes da Ufrgs. Com seu trabalho autoral já participou do Festival Porongos, Festival Morrodália, Circuito Orelhas, Casa Virtual da CCMQ, Sesc Convida, Agulha.R, Pátio Sonoro, entre outros importantes projetos culturais. Em 2020 foi uma das lideranças femininas negras contempladas pelo Programa Marielle Franco, do Fundo Baobá, com o projeto Mulheres Negras e Tecnologia: Produção Musical Enegrecida. No qual recebeu investimento na formação técnica e política e pode desenvolver suas habilidades na área do áudio e da tecnologia.

Dessa Ferreira atua profissionalmente na área da música, cultura e educação há mais de 15 anos, vem participando de diversos coletivos e projetos circulando por quase todo o Brasil, além de alguns países como Argentina, Colômbia, Portugal e Espanha. Também vem atuando na curadoria de festivais e eventos como o Festival São Batuque 2018, Projeto Unimúsica 2019 e da Virada Sustentável de Porto Alegre 2020. Com os grupos Três Marias, Cia Mamulengo Presepada participou de diversos festivais como Pira Rural, SIM SP, Morrostock, Virada Sustentável POA, Encontro de Culturas da Chapada dos Veadeiros, Virada Cultural de Pelotas, Sonora Brasil SESC, Mostra de Cultura Popular Afro-Gaúcha, Som no Salão, Sonora Mostra de Compositoras, BIME (Portugal).

SOBRE CÉLIA TUPINAMBÁ
Glicéria Tupinambá, mais conhecida como Célia Tupinambá, é da aldeia Serra do Padeiro, localizada na Terra Indígena Tupinambá de Olivença, no sul do Estado da Bahia. Está concluindo a Licenciatura Intercultural Indígena junto ao Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA). É formada na área de linguagem de códigos e suas tecnologias e, atualmente, curso o mestrado na área de Antropologia Social junto à Universidade Federal do Rio Janeiro (UFRJ). Continua trabalhando na área audiovisual, realizando vídeos junto com o grupo jovem da sua comunidade, como meio de garantir que a cultura seja preservada e possa da continuidade no resgate da cultura Tupinambá.

PUBLICIDADE

SOBRE NATURA MUSICAL
Natura Musical é a plataforma cultural da marca Natura que há 18 anos valoriza a música como um veículo de bem estar e conexão. Desde seu lançamento, em 2005, o programa investiu cerca de R$ 184 milhões no patrocínio de mais de 600 artistas e projetos em todo o Brasil, promovendo experiências musicais que projetam a pluralidade da nossa cultura. Em parcerias com festivais e com a Casa Natura Musical, fomentamos encontros que transformam o mundo. Quer saber mais? Siga a gente nas redes sociais: @naturamusical.

DESSA FERREIRA – MÚSICA AFRO-INDÍGENA CONTEMPORÂNEA

FICHA TÉCNICA – CLIPE “FOLHA SAGRADA”
Coordenação Artística e idealização do projeto: Dessa Ferreira
Coordenação de Produção, Gestão Financeira e Planejamento Cultural: Silvia Abreu
Direção: Luis Ferreirah
Assistente de Direção: Gerônimo Franco
Roteiro: Raquel Kubeo
Produção Audiovisual: A Diáspora
Direção de Fotografia: Luis Ferreirah
Elenco: Dessa Ferreira, Fátima Fernandes, Joana Morinico, João Miguel Benites, Julinho Fernandes, Mikaela Franco, Roberta Fernandes, Sandra Franco, Santiago Franco, Tauane Fernandes
Voz em off: Cláudia Baré
Direção de Arte: Vanessa Rodrigues
Produção Executiva: Silvia Abreu, Ana Beatriz Vieira, Cacau Marzulo
Produção de Set: Ana Beatriz Vieira e Cacau Marzulo
Produção/Direção de Elenco: Gerônimo Franco
Cenografia e Assistente de Direção de Arte: Thayan Martins
Produção de Objetos: Thayan Martins e Gerônimo Franco
Produção de Locações: Silvia Abreu
Figurino: Carolina Leão
Maquiagem e Cabelo: Joana Silveira
Coreografia: Gerônimo Franco
Alimentação: Elaine Maria Garcia
Assistente Alimentação: Silvia Abreu
Roteiro Audiodescrição: Letícia Schwartz e Rodrigo Teixeira
Revisão Audiodescrição: Alice Blau Schwartz
Consultoria Audiodescrição: Rafael Braz
Narração Audiodescrição: Rodrigo Teixeira
Direção Audiodescrição: Letícia Schwartz
Edição de áudio Audiodescrição: Rodrigo Teixeira e Diego Pires
Interpretação de Libras: Jamile de Souza Lima by Interpres – Empresa de Tradução e Interpretação de Libras
Gestão de Mídias Sociais: Rafa Braz by Lado C Ativadora Cultural e Thiago Valentini
Identidade Visual: Auá Mendes de Souza
Design Gráfico: Auá Mendes de Souza, Thiago Valentini e Emanuel Lucas Bastos de Barros by Barros Designer
Assessoria de Imprensa: Silvia Abreu Consultoria Integrada de Marketing
Fotografia Still: Ana Beatriz Vieira, Vinícius Angeli
Fotos Divulgação: Luís Ferreirah, Ana Beatriz Vieira e Vinícius Angeli
Assessoria Contábil: Marieri Gazen Braga by Cestacorp

PUBLICIDADE

FICHA TÉCNICA DA MÚSICA “FOLHA SAGRADA:
Letra e música: Dessa Ferreira
Vozes e djembe: Dessa Ferreira
Djembe: Loua Pacom Oulai
Dununs e agbê: Gutcha Rami
Ilu e agê: Diih Neques
Saxofone barítono: Tomás Piccinini
Guitarras: Wagner Menezes
Produção musical: Dessa Ferreira
Arranjo: Dessa Ferreira, Diih Neques, Loua Pacom Oulai, Gutcha Ramil, Wagner Menezes, Tomás Piccinini e Gabi Guedes
Gravação, mixagem e masterização: Wagner Lagemann (Estúdio Pedra Redonda)
Gravação: Cristiano Ferreira (Estúdio Soma)
Realização: Silvia Abreu Comunicação e Gestão Cultural Ltda
Patrocínio: Natura Musical
Financiamento: Pró-Cultura e Secretaria da Cultura do Estado do Rio Grande do Sul
Apoio Cultural: Ibis Budget Hotel, Di Paolo, Press Bar e Restaurante, Butcher Burger, Boteco Dona Ilaides, Gutcha Ramil, Pedra Redonda, Nay Movie Locadora, A Dona da Roda, Estúdio POA, Moa Cafeteria Mercosul Tur, Charlie Brownie, Ewe Africanidades, TVE, FM Cultura, Casa de Cultura Mario Quintana (CCMQ), Instituto Estadual de Música (IEM).
Agradecimentos: Aldeia Yvy Poty, Adriana Esperandir, Ana Fagundes, Diego Reis, Gutcha Ramil, Marina Azevedo, Maskote e Áfricanamente Escola de Capoeira Angola, Michele Borges, Rita Melo, Thiarles Muniz, Vanessa Fiuza, Wagner Oliveira Mattos, Onilia Araújo.

SERVIÇO 1: 
O Quê: Lançamento nacional do videoclipe “Folha Sagrada”, de Dessa Ferreira no Youtube
Quando: Dia 27 de abril de 2023 , quinta-feira
Onde: https://www.youtube.com/@dessaferreira
Recomendação etária: Livre

SERVIÇO 2:
O Quê: Live de lançamento do videoclipe “Folha Sagrada”, integrante do projeto “Dessa Ferreira – Música Afro-Indígena Contemporânea”. Conversa com a pesquisadora e antropóloga Célia Tupinambá (BA)
Quando: Dia 28 de abril de 2023, sexta-feira, 19h 
Onde: https://www.youtube.com/@dessaferreira
Recomendação etária: Livre

PUBLICIDADE

Assessoria de Imprensa:
Silvia Abreu

Foto:
Luis Ferreirah

PUBLICIDADE