Duo carioca Edgar Duvivier e Dami Andres desembarca em Porto Alegre para uma noite de música latina no Espaço 373

Recém-chegado de uma turnê pela Europa, onde se apresentou em diversas cidades da França, Holanda e Alemanha, o duo carioca Edgar Duvivier e Dami Andres (Rio de Janeiro) desembarca em Porto Alegre para uma apresentação especial no dia 10 de março (sexta-feira), no Espaço 373

Juntos desde 2018, Duvivier e Andres viajam no tempo e no espaço através de melodias e ritmos de origem argentina, brasileira, caribenha e mexicana, transitando do clássico ao popular e do latino ao jazz, com as composições mais representativas da América Latina. A dupla é caracterizada pelo virtuosismo – Duvivier no saxofone/clarinete e Andres no violão de 8 cordas – mostrando arranjos surpreendentes para temas conhecidos e de própria autoria.

SOBRE O DUO
Formado em Direito, Edgar Duvivier desistiu da carreira de advogado aos 23 anos para estudar música em Boston. Formado pelo Berklee College of Music, voltou ao Brasil em 1983 e se dedicou a fazer trilhas para cinema, televisão e teatro, onde se consagrou musicando peças de Mauro Rasi (“Estrela do Lar“) e Naum Alves de Souza (“Cenas de Outono“, que rendeu a Edgar o prêmio Mambembe). No cinema, musicou filmes de Eduardo Coutinho, José Resnik e Miguel Faria Jr. e, também, lançou três discos de música instrumental: “O Som da Terra” (1992), “Sopro do Norte” (1996) e “Sax Brasileiro” (1998), com os quais passeou por diversos ritmos, como o jazz, o choro e o samba, mostrando-se um instrumentista versátil.

Como escultor, herdou o legado de seu pai, o também escultor e homônimo Edgar Duvivier (1916-2001). Erigiu diversos monumentos, como Princesa Isabel (Copacabana), Oscar Niemeyer e o JK (Niterói), Nilton Santos, Jairzinho, Garrincha e Zagallo (Estádio Engenhão) e Guimarães Rosa (Palácio das Artes, em Belo Horizonte). Entre suas estátuas mais famosas estão a de Clarice Lispector, no Leme, e a de Nelson Rodrigues, em Copacabana.

PUBLICIDADE

Dami Andres é violonista, arranjador e compositor, formado pelo “Conservatorio de la Ciudad de Buenos Aires”. Em Cuba, estudou com Eduardo Suarez, Martin Porto, Alan Pachta, German Harlen e Luís D’agostino. No Brasil, teve como professor Nelson Faria e violonista de 8 cordas Matias Arriazu. Transita livremente entre o erudito, o jazz e o popular e vem se apresentando em conjunto com diversos artistas ou como solista em salas de concerto.

SERVIÇO
O que:
Edgar Duvivier e Dami Andres
Quando:
 10 de março | Sexta-feira | 21h
Onde: Espaço 373 (Rua Comendador Coruja, 373 – Bairro Floresta)
Ingressos: De R$45 a R$100
Ingressos antecipados: https://www.sympla.com.br

Informações e reservas pelo WhatsApp: (51) 98142-3137 ou (51) 99890-2810

PUBLICIDADE

Assessoria de Imprensa:
Roberta Amaral

Foto:
Fernanda Chemale

PUBLICIDADE