Camila e A Ponte resgatam obras de cantoras negras em show no Instituto Ling dia 2 de março

Na apresentação que une jazz e soul, o grupo interpreta um repertório especial que vai das brasileiras Alcione e Ludmilla às norte-americanas Ella Fitzgerald e Billie Holiday

Projeto de jazz, soul e brasilidades que resgata a obra de grandes cantoras negras, o grupo Camila e A Ponte sobe ao palco do Instituto Ling no dia 2 de marçoquinta-feira, às 20h. Com a voz de Camila Toledo, a bateria de Dado Silveira, o contrabaixo acústico de Gabriel Nunes e o piano de Fernando Spillari, a banda apresenta um repertório que vai de importantes mulheres do nosso país, como Dona Ivone LaraAlcioneLudmilla e Sandra de Sá, até as divas do jazz norte-americano Ella Fitzgerald e Billie Holiday. Os ingressos para o show custam R$ 50 no valor inteiro e R$ 25 para quem tem direito a meia-entrada, e podem ser adquiridos no site www.institutoling.org.br ou na recepção do centro cultural (Rua João Caetano, 440).

Juntos desde 2015, quando começaram a fazer performances em homenagem à Billie Holiday, os integrantes de Camila e A Ponte já participaram de festivais em Porto Alegre, como Jazz a Bordo – Cisne Branco (2018), Jazz Week do London Pub (2016 a 2018), Homenagem ao Jazz – João Bosco (2018) e Villa do Jazz (2017), além do Paralelo Festival, em São Francisco de Paula (2019) e a Mostra Jazz, em Campo Bom (2018). Com o projeto Camila e A Ponte, que estreou com lotação esgotada no Santander Cultural em 2018 e que, desde então, segue fazendo sucesso de público e crítica, o grupo propõe comunicar ancestralidades compartilhadas e provocar reflexões, entendendo que o papel do artista é conectar e propor trocas.

O show é uma realização do Instituto Ling e do Ministério da Cultura / Governo Federal, com patrocínio de Crown Embalagens, e curadoria e produção da Branco Produções.

PUBLICIDADE

Sobre os músicos
Camila Toledo é cantora com formação em Jornalismo pela UFRGS e pós-graduada em Comunicação e Inovação pela Faculdade Verbo Educacional/RS e Canção Popular pela Faculdade Santa Marcelina/SP. De 2014 a 2019, foi vocalista da MotherFunky, banda com repertório de black music. Com lançamento previsto para este ano, a cantora prepara um EP com canções autorais, com produção assinada pelo paulistano Melvin Santhana.

Dado Silveira é baterista com formação em licenciatura em música pelo Instituto Metodista de Porto Alegre. Estudou com os professores Ricardo Arenhaldt, Kiko Freitas e Marquinhos Fê. Lecionou em diversas escolas da cidade, entre elas o extinto Conservatório de Música Leo Schnaider. Atuou com muitos músicos locais e em países como Chile, Argentina, Uruguai, Alemanha, República Tcheca e Itália. Atualmente, é sócio e professor na escola de música Tamborim.

Gabriel Dalmolin Nunes é contrabaixista graduado pela faculdade de música da UFRGS. Fez parte dos grupos de música de câmara Quarteto de Contrabaixo da UFRGS e Grupo de Música Antiga do Departamento de Música da mesma instituição. Participou de gravações do grupo folclórico Bailado Gaúcho e das bandas Automatic Retarder, Picanha de Chernobill e Jazz Brutal. Atualmente, é contrabaixista da Orquestra de Sopros de Novo Hamburgo e do grupo Camerata Brasileira, além de acompanhar as cantoras Ariane Wink, Nina Rouge e o cantor Pablo Lanzoni.

PUBLICIDADE

Fernando Spillari é pianista e compositor graduado pela UFRGS. Produziu e participou de diversas bandas locais. Em 2019, acompanhou a cantora Nina Rouge, em Paris, após a artista ter vencido o Festival da Canção Aliança Francesa. Em 2022, integrou o lineup do Let’s Jazz! Festival, em Caxias do Sul. Atualmente, é integrante do grupo instrumental A Ponte Trio e segue acompanhando artistas como Nina Rouge, Renata Mirandoli e Ariane Wink.

SERVIÇO – PROGRAMAÇÃO PRESENCIAL – MÚSICA
Camila e A Ponte
Dia 2 de março, quinta-feira, às 20h
Instituto Ling (Rua João Caetano, 440 – Três Figueiras – Porto Alegre/RS)

Ingressos
R$ 25,00 (meia-entrada)
R$ 50,00 (inteiro)

PUBLICIDADE

Pontos de venda
Site: www.institutoling.org.br
Recepção do Instituto Ling (Rua João Caetano, 440 – Três Figueiras – Porto Alegre/RS): funcionamento de segunda a sábado, das 10h30 às 20h

Informações úteis
institutoling.org.br
www.facebook.com/InstitutoLing
www.instagram.com/Instituto.Ling
twitter.com/@InstitutoLing
www.youtube.com/c/InstitutoLingCultural
Fone: 51 3533-5700
Email: [email protected]

Estacionamento: o Instituto Ling possui estacionamento pago com 40 vagas. 
Bicicletários: há bicicletários gratuitos em dois pontos: um localizado dentro do estacionamento e outro na parte externa do prédio, com 32 vagas.
Acessibilidade: o prédio do Instituto Ling foi projetado para propiciar comodidade e autonomia aos portadores de deficiência, além de oferecer excelente conforto térmico e acústico. O Instituto Ling possui o Selo de Acessibilidade da Prefeitura de Porto Alegre, conforme o Decreto nº 15.752 de 5 de dezembro de 2007, que atesta o atendimento da instituição às pessoas com diferentes características antropométricas e sensoriais, de forma autônoma, segura e confortável. O centro cultural oferece também a possibilidade de contratação de um intérprete de Libras, além do acesso à audiodescrição do acervo de artes visuais, dos espaços do prédio e paisagismo. Todo material de audiodescrição se encontra disponível em tablets fornecidos pelo Instituto Ling.

PUBLICIDADE

Assessoria de Imprensa:
Jéssica Barcellos Comunicação

Foto:
Marlon Laurencio

PUBLICIDADE