1º Ablaze Hardcore Fest: Dead Fish, Pense, Rotentix e Flanders 72 serão atrações do evento que ocorrerá dia 24 de março em Novo Hamburgo

O Dead Fish retornará ao Rio Grande do Sul para destruir tudo de novo – no melhor sentido possível. A banda será a atração principal do primeiro Ablaze Hardcore Fest, que ocorrerá dia 24 de março, na Fenac

Mesmo com diversas passagens pelo Estado, a apresentação será especial, pois celebrará os 32 anos do quarteto capixada em solo gaúcho. Além do conjunto que tem à frente o vocalista Rodrigo Lima, o festival também incluirá shows do grupo mineiro Pense (apresentando nova formação), bem como das bandas gaúchas Rotentix e Flanders 72.

Nosso caminho como banda sempre teve o Rio Grande do Sul como norte. Todos nós amávamos os Replicantes e todos os skatistas do Marinha mesmo nunca tendo estado aí. Tínhamos uma mitologia de o que era. Do meio dos anos 1990 pra frente, o punk/hc nos levou a conhecer a cena pessoalmente. A No Rest e a Wallride têm muita responsabilidade nisso. Foi mágico tão cedo, ainda com todos os nossos vícios e valores capixabas, termos chegado tão longe para os parâmetros da época. Desde então já vimos algumas gerações de gaúchos passarem na nossa frente e somos muito orgulhosos da relação de admiração mútua”, revela Rodrigo Lima.

Como marca registrada dos eventos promovidos pela Ablaze Productions, o Ablaze Hardcore Fest oferecerá estrutura para proporcionar ao público uma experiência que vai além da música: food trucks, área externa, cervejas artesanais, estacionamento fechado e com segurança, merchandising oficial, além de outros atrativos. 

Publicidade

SERVIÇO 1º ABLAZE HARDCORE FEST:
Shows: Dead Fish (SP), Pense (MG), Rotentix e Flanders 72
Dia: 24 de março, sexta-feira
Local: FENAC, em Novo Hamburgo (acesso pelo Portão 11: Rua Três de Outubro, Bairro Ideal)
Abertura das portas: 19h

ATRAÇÕES:
Shows ● Merchandising Oficial ● Expositores ● Cervejas artesanais ● Food Trucks ● Área externa ● Estacionamento privado ● E MUITO MAIS!

TRANSPORTE E ACESSO:
A Estação FENAC do metrô e a Rodoviária de Novo Hamburgo estão localizadas junto aos pavilhões da FENAC. Acesso direto ao evento pelo Portão 11 (Rua Três de Outubro)

Publicidade

INGRESSOS:
Venda Online: https://www.bilheto.com.br/evento/1248/Ablaze_Hardcore_Fest.

VENDA FÍSICA:
Bilheteria oficial (sem taxa de conveniência — pagamento em dinheiro, débito e crédito):
– Origem Tattoo (R. Primeiro de Março, 1198 – Centro, São Leopoldo)

Demais pontos de venda (sujeito à cobrança de taxa de conveniência — somente débito e crédito):
– Toda Música Instrumentos Musicais (R. Vinte e Cinco de Julho, 1116 — bairro Rio Branco, Novo Hamburgo)
– Back in Black (Av. Cristóvão Colombo, 545, loja 2119 — Floresta, Porto Alegre)

Publicidade

Ingressos:

1º lote
Meia-entrada – R$ 50,00
Solidário – R$ 60,00
Inteira – R$ 100,00

2º lote
Meia-entrada – R$ 60,00
Solidário – R$ 70,00
Inteira – R$ 120,00

Publicidade

3º lote 
Meia-entrada – R$ 70,00
Solidário – R$ 80,00
Inteira – R$ 140,00

4º lote 
Meia-entrada – R$ 80,00
Solidário – R$ 90,00
Inteira — R$ 160,00

5º lote
Meia-entrada – R$ 90,00
Solidário – R$ 100,00
Inteira – R$ 180,00

Publicidade

* MEIA-ENTRADA
– Estudantes: somente com carteirinha do órgão estudantil oficial, dentro do prazo de validade e com foto. Os documentos aceitos como válidos estão determinados na Lei Federal 12.933/13.
– Idosos: Lei Federal 10.741/03. Idosos com idade superior a 60 (sessenta) apresentando o documento de identidade na entrada do evento.
– Professores de Rede Pública: professores da rede pública apresentando o comprovante na entrada do evento.
– Portadores de Necessidades Especiais: * 50% para pessoas com necessidades especiais (e acompanhante, quando necessário): Lei Federal 12.933/13 — obrigatória apresentação do Cartão de Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social da Pessoa com Deficiência ou de documento emitido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).
– 50% para jovens pertencentes a famílias de baixa renda: Lei Federal 12.933/13 — obrigatória apresentação da Carteira de Identidade Jovem e de documento oficial com foto.
– 50% para doadores regulares de sangue: Lei Estadual n° 13.891/12 – obrigatória apresentação de documento oficial válido e expedido pelos hemocentros/bancos de sangue.

Valor reduzido mediante doação de 1kg de alimento não perecível ou 1Kg de ração para animais no dia do show. Os alimentos deverão ser entregues no momento da entrada ao evento.

**SOLIDÁRIO:DISPONÍVEL PARA QUALQUER PESSOA.

Publicidade

DEAD FISH
Tudo começou quando, no início dos anos 1990, cinco amigos sem muita pretensão montaram uma banda intitulada “Stage Dive”. A ideia era andar de skate e levar um som com covers de artistas já consagrados no punk rock internacional. Das versões de Bad Brains, Dead Kennedys e Ramones, a banda passou a compor suas próprias músicas e a fazer seus primeiros shows. Eis que surge a alcunha definitiva: Dead Fish.

Hoje consagrada como um dos principais grupos de hardcore do Brasil por seu discurso político progressista, o Dead Fish aborda, na maioria de suas letras, a saúde e a educação pública, além de denunciar, sem meio termo, a desigualdade, desonestidade, preconceito, hipocrisia e violência no país.

Com um trajetória de conquistas, o Dead Fish segue firme. 2021 foi marcado pelos 30 anos da banda. A turnê em comemoração às três décadas estava programada, porém, com o agravo da pandemia do então novo coronavírus, não pôde ser lançada. Para suprir a ausência de shows, naquele ano, a banda realizou algumas lives. Já em dezembro, com a retomada dos eventos presenciais, o Dead Fish voltou aos palcos e finalizou o ano com algumas apresentações.

Publicidade

Em 2022, a banda lançou a tão esperada turnê em comemoração aos 30 anos de história no cenário musical brasileiro intitulada “30+1”. Foram realizados 80 shows em todas as regiões do Brasil.

Já em 2023, o Dead Fish entrará em estúdio para gravar seu novo álbum – o primeiro registro após a pandemia – e espera lançá-lo ainda neste ano. A expectativa é de continuar na estrada com a mesma intensidade de 2022, realizando shows por todo o país, passando por todas as regiões. 

Também devem rolar apresentações especiais de alguns álbuns que marcaram o Dead Fish no cenário da música brasileira.

Publicidade

PENSE
Com o seu início em 2007, em Belo Horizonte, o Pense é uma banda conhecida no cenário por suas apresentações intensas e com muita energia, com um mix de peso e melodia, letras que mexem com o subconsciente dos ouvintes e levam a uma profunda reflexão. Tais características levaram-nos a se destacar no cenário do rock nacional, sendo considerados um dos grandes nomes do gênero da nova geração.

Excursionando pelo Brasil desde 2011, a banda começou a plantar e a colher diversos frutos, acumulando mais de 20 mil ouvintes mensais nas plataformas digitais, com uma base de fãs constantemente crescente, expandindo continuamente o alcance de sua mensagem. 

Em 2019, a banda fez uma das maiores turnês da carreira, percorrendo vários estados. Pela primeira vez em sua história, expandiu as fronteiras da língua e viajou também pela Europa difundindo sua musicalidade, passando por cinco países e 17 cidades. O Pense representou o Brasil em um dos maiores festivais de Punk Rock do Mundo: o Punk Rock Holiday, que acontece na Eslovênia, ao lado de grandes nomes do gênero, como Pennywise, NOFX, Sick of it All e o clássico Descendents. 

Publicidade

Sobre os lançamentos musicais, a banda registrou seu primeiro álbum “Espelho da Alma” em 2011, sendo considerado por blogs de música como o álbum revelação do ano. Já em 2014, lançou o elogiado álbum “Além Daquilo Que Te Cega”, considerado pelo portal “Tenho Mais Discos que Amigos” como o terceiro melhor álbum nacional daquele ano. 

2017 foi um ano de renovações, quando buscaram lançar seu primeiro DVD ao vivo, com registros da trajetória dos seus 10 anos de carreira rodando as particularidades do Brasil. Em 2018, pontuado como ano fundamental para o Pense, o grupo lançou seu terceiro álbum de estúdio: “Realidade, Vida e Fé”, com a melhor estreia da carreira, expandindo consideravelmente sua base de fãs. O trabalho ganhou até uma versão em vinil com lançamento na Alemanha pelo Selo MUD Cake Records.

A banda iniciou um novo ciclo com formação repaginada em 2022 e já está mergulhada no processo de composição para o novo registro, o quarto da carreira em estúdio. Renovado, o Pense está transformando em música toda bagagem adquirida ao longo dos anos juntamente com a energia artística e influências dos novos integrantes.

Publicidade

ROTENTIX
A Rotentix é uma banda que vive e respira o punk rock. Foi formada na cidade de Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul. Como toda grande metrópole, Porto Alegre tem vários pontos turísticos, vida noturna agitada, cena musical forte e, claro, características próprias que são a base da inspiração para as composições da Rotentix. 

A Rotentix tem mais de 60 sons autorais gravados e distribuídos nas principais plataformas digitais. Os shows se caracterizam por uma execução enérgica praticamente ininterrupta com mais de 30 músicas deste vasto repertório autoral. No palco, a banda procura unidade e o visual reflete seu estilo musical: jeans, camisetas que remetem à cultura pop, tênis e jaquetas de couro. Ao longo dos anos, já se apresentaram com grandes nomes do cenário internacional, como Marky Ramone, Misfits e CJ Ramone.

A Rotentix é formada por Douglas Wyse (vocal), Alex Lamarque (bateria), Felipe Bittencourt (baixo e vocal de apoio) e Thiago Kamming (guitarra). 

Publicidade

FLANDERS 72
A Flanders 72 é um trio punk rocker formado por Paulinho Tscherniak (vocal e guitarra), Davi Pacote (baixo) e Big Mike (bateria). A banda conta com cinco discos lançados, mais de 20 clipes no Youtube e três turnês em solo Europeu. Atualmente, a Flanders 72 se prepara para gravar o sexto disco.

INFORMAÇÕES:
Ablaze Productions
Fone / WhatsApp: (51) 99342-2165
E-mail: [email protected]
www.ablazeproductions.com.br

Assessoria de Imprensa:
Homero Pivotto Jr.

Publicidade