Hibria – Defying The Rules (Um Metal por Dia)

Hibria – Defying The Rules

O Hibria, que já era bastante conhecido no cenário underground, se tornou uma referência do metal nacional quando “Defying The Rules” chegou às lojas, em 2004

O álbum de estreia do grupo, que teve a mixagem e a masterização feitas por Piet Sielck (Iron Savior) na Alemanha, foi muito bem-recebido pela crítica especializada de todo o planeta, especialmente do continente asiático.

Com uma pegada instrumental bastante vibrante, que mistura powermetal e heavy metal tradicional, Iuri Sanson (vocal), Diego Kasper e Abel Camargo (guitarras), Marco Panichi (baixo) e Sávio Sordi (bateria) deram um novo direcionamento aos melhores momentos da demo “Against the Faceless” (1999) e gravaram outras sete faixas inéditas, que mostram muito bem o nível de excelência alcançado pelo quinteto gaúcho.

Intenso, pesado e melodicamente diversificado, “Defying the Rules” é um registro que empolga de imediato e mantém o seu pique até final. Já bem experiente na época do seu debut, inclusive com uma turnê realizada pela europa alguns anos antes, o Hibria caprichou na composição e na execução do repertório, que soma cerca de 50 minutos.

Steel Lord on Wheels“, “Change Your Life Line“, “Millennium Quest“, “Living Under Ice“, “The Faceless in Charge” e “Stare at Yourself” são os principais destaques da obra, todas com linhas de guitarra inspiradas e uma performance cheia de energia de Sanson ao microfone. “Defying the Rules“, além de ser um disco pontente e impactante, é um marco na história do heavy metal brasileiro, por tudo aquilo que conquistou e possibilitou ao Hibria na sequência.




Sobre o autor