Pink Cream 69 – Pink Cream 69 (Um Metal por Dia)

Pink Cream 69 – Pink Cream 69

O Pink Cream 69, além de ter sido a banda que revelou o vocalista Andi Deris, também é um dos nomes mais longevos do Hard Rock alemão

O grupo, que também contava com o baixista/produtor Dennis Ward e com o baterista Kosta Zafiriou (que integrou ainda o Krokus e o Unisonic), soltou o seu primeiro trabalho de estúdio em 1989.

Absorvendo algumas referências do Power Metal e do Glam Metal, o autointitulado “Pink Cream 69” não teve um desempenho comercial excepcional na época, mas acabou sendo reconhecido ao longo do tempo, ganhando novas edições remasterizadas e com material bônus.

A banda, que foi uma das apostas da gravadora Epic Records para o mercado norte-americano, criou aqui um repertório simples e direto, de apelo radiofônico e de refrões grudentos. Deris, que escreveu praticamente sozinho as dez composições de “Pink Cream 69”, é quem dá um toque bastante enérgico ao material, com muito carisma e uma certa dose de feeling. Sem uma identidade bem definida, o quarteto acabou privilegiando aqui uma sequência de faixas bem diversificadas, que vai dos riffs pesados ao groove do funk rock sem esquecer das composições cadenciadas e daquelas canções mais sexys e dançantes.

Take Those Tears”, “Rolling Down a Thunder”, a balada “Close Your Eyes”, “Partymaker” (com um vibe bem-humorada à lá “Hot for Teacher” do Van Halen) e “Hit the Bottom Row” são os principais momentos do registro, que garante quase 40 minutos de diversão.

Nunca lançado no brasil, “Pink Cream 69” não bateu as metas traçadas pela Epic, que rompeu com a banda algum tempo depois. O disco, por incrível que pareça, foi um enorme sucesso no Japão.




Sobre o autor