Suicidal Angels – Divide And Conquer (Um Metal por Dia)

Suicidal Angels – Divide And Conquer

O Suicidal Angels, que está na ‪estrada desde 2007‬, é um dos grupos que estão dando um novo fôlego ao Thrash Metal

A banda grega, que há sete anos soltou o seu quarto trabalho de estúdio, já consolidou o seu nome entre os principais representantes do gênero, mesmo que não tenha a mesma exposição de um Exodous ou de um Destruction.

Produzido pelo vocalista/guitarrista Nick Melissourgos ao lado do germânico Rd Liapakis (frontman do Mystic Prophecy e do Steel Prophet, ambos de power metal), “Divide and Conquer” chama a atenção por causa da sua sonoridade old school, marcada por uma sequência avassaladora de riffs sujos e diversificados.

Com canções quase sempre ríspidas e enérgicas, o quarteto de Atenas mostra muita desenvoltura técnica ao longo do repertório, que ainda tem os seus momentos mais complexos e trabalhados (vide as extensas “Control the Twisted Mind” e “White Wizard”). O disco, que foi lançado no Brasil pela Urubuz Records, ainda conta com boas doses de groove, uma bateria superveloz conduzida e um direcionamento bastante orgânico, pouco afeito às nuances mais modernas do estilo.

Sem trazer grandes novidades para o estilo, o Suicidal Angels merece todos os méritos pela forma como utiliza as ferramentas disponíveis disponíveis, fazendo de “Divide and Conquer” um álbum agradável, pesado e empolgante, com maturidade e muito pé no chão. Ouça faixas do calibre de “Marching Over Blood”, “Divide and Conquer”, “Terror Is My Scream” e “Pit of Snakes” e comprove o porquê da banda ainda estar em ascensão no circuito europeu.

O grupo, que já passou pelo palco dos principais festivais de metal do velho mundo, conquistou um louvável lugar no top 100 dos charts da Alemanha, com o recente “Years of Aggression” (2019).




Sobre o autor