Maestro Antônio Borges-Cunha celebra 70 anos com concerto no Theatro São Pedro

Pics Música e Cultura | Maestro Antônio Borges-Cunha celebra 70 anos com concerto no Theatro São Pedro
Pics Música e Cultura | Maestro Antônio Borges-Cunha celebra 70 anos com concerto no Theatro São Pedro

Neste sábado (29), o Antônio Borges-Cunha celebra 70 anos de vida com um concerto totalmente dedicado à sua produção

O espetáculo reunirá seus filhos Vagner e Moisés Bonella Cunha, que vem especialmente dos Estados Unidos para a homenagem; os pianistas Celso Loureiro Chaves e Ney Fialkow; o percussionista Ernesto Fagundes e uma orquestra formada por trinta músicos, incluindo estudantes do curso de Música da UFRGS.

apresentação ocorre às 21h e os ingressos, que custam entre R$ 30 e R$ 90, podem ser adquiridos pelo link https://theatrosaopedro.eleventickets.com ou na bilheteria, até duas horas antes do concerto.

Uma vida dedicada à música

Por cerca de 20 anos, Cunha esteve à frente da Orquestra de Câmara Theatro São Pedro, e, por 17, da Orquestra Sesi/Fundarte. Paralelamente, até hoje, colabora com a formação de gerações de músicos e pesquisadores no Instituto de Artes da UFRGS, nos âmbitos da graduação e pós-graduação. O concerto que festeja suas sete décadas de vida, no entanto, foca em uma terceira faceta do artista, talvez menos conhecida: a de compositor. São 40 anos de produção, com obras que há um tempo não são apresentadas, e cujas gravações apenas recentemente têm sido disponibilizadas nas plataformas digitais. 

Refletindo sobre minhas origens, sobre o estilo de vida quase primitivo de minha infância, talvez meu interesse por sons e timbres desvinculados do contexto melódico tenha raízes na minha convivência diária e direta com a natureza e com os animais”, releva Antônio Borges-Cunha no encarte do CD “Pedra Mística” (2000), que registra algumas de suas obras autorais. Nascido em Bom Jesus, em 1952, Cunha iniciou-se no ofício da composição na década de 1980. Ao longo desse percurso, desenvolveu seu idioma composicional peculiar, integrando culturas e valores aparentemente antagônicos.

O concerto “Maestro Cunha 70 anos” inclui obras escritas em momentos distintos da trajetória do compositor, para diferentes formações: “InstalaSom” (1982-1989), para flautas de bambu, ocarinas, flautas transversa, clarinetes, trombones, percussão e piano; “Noturno para Chopin: in memoriam” (1999), para piano e acordeão; e “Tempo e Memória” (2015), para piano, acordeão, violino, bombo leguero e outros instrumentos de percussão. O programa encerra com a participação dos dois filhos músicos de Cunha, com a interpretação do “Concerto para violino e orquestra de câmara” (2005), de Vagner, tendo Moisés como solista.

Ainda dentro das comemorações, no dia 12 de novembro, Antônio Borges-Cunha participará como compositor e maestro convidado da OSPA. O programa inclui a estreia da versão sinfônica de seu “Concerto para viola e orquestra”, tendo a instrumentista bielorrusa Darya Filippenco como solista.

SERVIÇO
Maestro Antônio Borges-Cunho em concerto – 70 anos de vida
Theatro São Pedro (Rua Marechal Deodoro, s/nº – Centro Histórico)
Quando: 
29 de outubro | Sábado
Horário: 21h
Ingressos: R$ 30 (galeria) e R$ 15 (meia-entrada) | R$ 50 (camarote lateral) e R$ 25 (meia-entrada) | R$ 70 (camarote central) e R$ 35 (meia-entrada) | R$ 90 (plateia) | R$ 45 (meia-entrada)
Ingressos antecipados: https://teatrosaopedro.rs.gov.br/maestro-cunha-70-anos

Na bilheteria do Theatro São Pedro: duas horas antes do espetáculo

Assessoria de Imprensa:
Roberta Amaral

Foto:
Rodrigo Conte

PUBLICIDADE