“Desvio”, exposição de Helena Martins-Costa, será inaugurada no dia 05 de novembro, no V744atelier, em Porto Alegre

Pics Música e Cultura |
Pics Música e Cultura |

Artista plástica exibe 16 imagens a partir de retratos antigos de pessoas anônimas os quais têm em comum uma distorção de perspectiva, causada involuntariamente pela inclinação da câmera fotográfica

O V744atelier inaugura no próximo dia 05 de outubro, às 18h, a exposição Desvio/Provas, da artista plástica Helena Martins-Costa. O conjunto expositivo apresenta 16 imagens que integram um dos projetos vencedores da Bolsa de Fotografia ZUM/IMS 2014 do Instituto Moreira Salles, no qual a artista se apropria de retratos antigos de pessoas anônimas, coletados em leilões, sebos e feiras de antiguidades.

Minha pesquisa é sobre a imagem fotográfica, a partir da qual procuro revelar os diversos níveis de estruturação das imagens, desde as construções simbólicas, ligadas as convenções da pose, até as matemáticas, evidentes na distorção de perspectiva resultante do ângulo da captação. Busco olhar no retrato fotográfico, a imagem para além da fotografia” explica Helena Martins-Costa. “A fotografia não é inocente; é a combinação de um dado do real e daquilo que eu quero construir a partir deste dado do real” complementa. O título da exposição, Desvio, sugere a distorção da perspectiva linear, desvio na intenção da fotografia de se colocar de forma eterna na foto. São Imagens na escala humana para questionar o corpo dentro do espaço da foto, e o espectador dentro do espaço expositivo.

Para esse ensaio, Helena selecionou retratos que têm em comum um “erro”, uma distorção de perspectiva causada pela inclinação involuntária da câmera fotográfica que desestabiliza sutilmente a composição, causando um estranhamento – possivelmente o que fez com que esses retratos fossem descartados.  “O sujeito retratado se posiciona frontalmente e ereto para a câmera fotográfica, mas devido a essa distorção da perspectiva aparecerá inclinado como se estivesse tombando, criando uma sensação de vertigem” explica a artista. Esses retratos, encontrados separadamente, quando reunidos formam uma série em que a distorção, antes considerada um erro, provoca questionamentos a respeito das regras e convenções estéticas do retrato. Para realçar ainda mais os efeitos do desvio, os pequenos retratos foram manipulados em sua escala e reimpressos, formando um conjunto homogêneo, sem interferência nas cores naturais e nas marcas da passagem do tempo dos originais.

Pics Música e Cultura |

A exposição pode ser visitada de 05 de novembro próximo até 09 de fevereiro de 2023, de quartas a sextas das 14h às 17h. Haverá recesso no período de 20 de dezembro até 14 de janeiro de 2013. A atividade integra o projeto Portas Abertas da Bienal do Mercosul.  O texto crítico é do curador e professor de História da Arte (IA-Ufrgs), Alexandre Santos.

Sobre a artista

Helena Martins-Costa (Porto Alegre/RS – 1969) é artista visual, bacharel em fotografia pelo Instituto de Artes da UFRGS e mestre em poéticas visuais pela ECA-USP. Em seu trabalho, resgata imagens rejeitadas que sobreviveram ao desaparecimento e, através de um processo de arqueologia fotográfica, identifica tipologias. Realizou diversas exposições individuais e coletivas no Brasil e no Exterior. Teve obras adquiridas para os acervos do MAM-SP e MAM-RJ, fundação Vera Chaves Barcellos, entre outros. Vive e trabalha em São Paulo/SP.

Sobre o V744atelier

Idealizado pela artista visual Vilma Sonaglio, o V744atelier é um local para criar e expor arte contemporânea. Abriga exposições de artistas convidados, mas também aceita propostas de criadores que estejam desenvolvendo sua pesquisa e produção em todas as linguagens na arte contemporânea. Inaugurado em 18 de setembro de 2021, com a exposição “ViCeVeRSa…pode não ser o que é”, de Sonaglio, o Atelier já sediou a exposição “Paisagem sem Volta”, de André Venzon e Igor Sperotto (19/12/21 a 25/02/22), “Beabá”, de Maria Paula Recena e Marcos Sari (12/03/22 a 28/04/22), “C+asa”, de Marcelo Silveira (14/05 a 22/07/22) e “Tripadeiras”, de Téti Waldraff, que marcou a comemoração de um ano de atuação do espaço expositivo. Desvio/Provas, de Helena Martins-Costa é a sexta mostra.

SERVIÇO:
O Que: Desvio/Provas. Exposição da artista visual Helena Martins-Costa
Onde: V744 Atelier | Rua Visconde do Rio Branco, 744, Bairro Floresta, Porto Alegre-RS
Quando: Abertura: 05 de novembro. Visitação: 05/11/22 até 09/02/23. Recesso: 20/12/22 até 14/01/23

Recomenda-se o uso de máscara e álcool em gel à disposição. 

Quanto: Entrada franca
Recomendação etária: 12 anos

Assessoria de Imprensa:
Silvia Abreu

PUBLICIDADE