Spiritual Beggars – Earth Blues (Um Metal por Dia)

Spiritual Beggars – Earth Blues

O Spiritual Beggars, que até pode ter nascido como um projeto paralelo do guitarrista Michael Amott, aos poucos foi ganhando representatividade e se tornando uma referência do Stoner Metal

O grupo, que vinha numa crescente absurda desde o imponente “Ad Astra” (2000), lançou o seu oitavo trabalho de estúdio, intitulado “Earth Blues“, em 2013.

Consolidando a presença de Apollo Papathanasio (ex-firewind) no posto de vocalista, a banda criou aqui mais um repertório enérgico e envolvente, com canções que assumem uma queda pelo rock progressivo dos anos 70 sem se esquecer dos riffs mais pesados. “Earth Blues“, que é contornado por uma sonoridade orgânica extremamente eficiente, ainda consegue ser bem diversificado diante da suas principais referências, agregando um pouco de Blues, Hard Rock e Heavy Tradicional.

Além de Amott e de Papathanasio, o tecladista Per Wiberg (ex-opeth), o baixista Sharlee D’angelo (do Archenemy) e o baterista Ludwig Witt (do Grand Magus) evidenciam com o Spiritual Beggars sabe trabalhar de forma coletiva, dividindo tarefas e destaques. Extremamente bem-recebido pelo público e pela crítica especializada, que viu a banda subir ao palco dos maiores festivais da Europa durante a sua turnê, “Earth Blues” é contagiante e tem um toque bastante despojado nos seus melhores momentos, como são os casos das faixas “Wise as A Serpent“, “Turn the Tide“, “Hello Sorrow“, “One Man’s Curse“, “Too Old to Die Young“, “Kingmaker” e “Freedom Song“. Um trabalho estupendo e vibrante!




Sobre o autor