Ummaguma The Brazilian Pink Floyd apresenta espetáculo digno das grandiosas atuações floydianas em Porto Alegre dia 5 de novembro

O Ummagumma The Brazilian Pink Floyd, maior tributo ao Pink Floyd da América Latina, volta a Porto Alegre para apresentação única no Teatro do Bourbon Country

O espetáculo, que integra a turnê The Show Must Go On, está marcado para 5 de novembro (sábado), às 21h, e celebra os 20 anos do tributo ao lendário conjunto britânico.

O UMMAGUMMA The Brazilian Pink Floyd é apontado como um dos mais importantes tributos brasileiros. A ideia para montar o projeto surgiu em 2002, quando um dos integrantes assistiu a um dos shows de Roger Waters no Brasil. A inspiração veio durante um dos clássicos dos britânicos: “Time“. Desde então, o grupo tem se aperfeiçoado em apresentar uma performance de som e luz digna das grandiosas atuações floydianas.

Criada em Três Pontas, em Minas Gerais, a UMMAGUMMA reproduz os arranjos originais ou versões ao vivo dos ídolos que homenageiam. As apresentações costumam ser acompanhadas de iluminação especial e cenário, efeitos visuais e até o telão redondo ao melhor estilo Pink Floyd. O objetivo é despertar na plateia uma “experiência multissensorial”.

Pelo trabalho preciso, inspirador e fidedigno, o conjunto brasileiro tornou-se um dos mais longevos em seu segmento e é considerado pela crítica especializada como um dos maiores e melhores tributos ao Pink Floyd no Brasil.

No repertório, um passeio pelos principais álbuns do Pink Floyd, agradando a todos os públicos. Tudo isso com a bagagem de quem está há duas décadas trabalhando para oferecer uma experiência cada vez mais próxima da original aos fãs.

SERVIÇO:
O que: UMMAGUMA THE BRAZILIAN PINK FLOYD
Quando: 5 de novembro (sábado), ás 21h
Onde: Teatro do Bourbon Country (Av. Túlio de Rose, 80 – 71 – Jardim Europa, Porto Alegre – RS, 91340-110)
Vendas online: https://uhuu.com/
Quanto: Ingressos a partir de R$50
Mais informações: (35) 99971 5998 – Isabel – Verdes Eventos

Assessoria de Imprensa:
Homero Pivotto Jr.

Fotos:
Lucas Pacheco


Sobre o autor