Coala Festival realiza a sua maior edição com programação histórica, expansão, novidades e surpresas para o público

Nos dias 16, 17 e 18 de setembro, o Coala Festival realiza a maior edição da sua história. O evento, que reúne na programação Gal Costa, Djavan, Maria Bethânia, Gilberto Gil, Marina Sena, Black Alien, entre outros nomes da música brasileira, abriu um lote extra para sábado e domingo. Também há entradas disponíveis para sexta-feira

Quando o Coala Festival anunciou a sua retomada presencial, os organizadores avisaram que esta seria “a maior edição da sua história“. Assim que as atrações começaram a ser reveladas, ficou evidente que tal afirmação não era apenas uma maneira de falar, mas, sim, uma meta. Mais passos foram dados nesse sentido para tornar o Coala 2022, de fato, grandioso.

Pela primeira vez, por exemplo, o evento será realizado ao longo de três dias. Outra novidade que torna o evento superlativo é a creditada a uma expansão geográfica, estreando uma pista de música eletrônica com o olhar coalático.

Marcado para os dias 16, 17 e 18 de setembro, no Memorial da América Latina, em São Paulo, o Coala Festival 2022 mantém a sua essência e as características que fizeram dele referência e o principal festival de música brasileira do país. O evento chega a sua oitava edição como uma marca de música consolidada e que fica ativa ao longo dos 365 dias do ano por meio de lançamentos, shows e direções criativas que geram efeito e afeto para além dos muros do festival físico e do meio do entretenimento. 

PUBLICIDADE

Ao longo de sua programação, o Coala Festival leva ao palco artistas importantes da música brasileira – são nomes icônicos contemporâneos, de vanguarda, e também tradicionais. O evento costura os shows com DJ sets de artistas que preenchem o ambiente com brasilidade.

No dia 16 de setembro, sexta-feira, o line-up lista Djavan, Mayra Andrade, Gilberto Gil, Liniker e Tasha & Tracie. Em 17 de setembro (sábado), sobem ao palco do Coala Festival: Gal Costa (com a participação de Tim Bernardes e Rubel), Alceu Valença, Ana Frango Elétrico, Bala Desejo, BK’ e Rachel Reis. E, no dia 18 de setembro (domingo), se apresentam Maria Bethânia, Rodrigo Amarante, Black Alien, Marina Sena, Nego Bala e Chico Chico com Juliana Linhares.

As últimas 3 edições do Coala, em 2017, 2018 e 2019, deram sold out, o que é um sinal do potencial de expansão do festival. Estamos em um hiato de 2 anos devido à pandemia, então nada mais justo do que uma expansão do evento em número de dias e também em área ocupada no Memorial da América Latina”, comenta Gabriel Andrade, curador e sócio-fundador do Coala Festival. 

PUBLICIDADE

Gabriel Andrade se refere ao novo espaço que o Coala Festival passa a ocupar no Memorial da América Latina a partir deste ano. Do outro lado da passarela, o evento prepara uma praça de alimentação, além de uma pista de música eletrônica que inova no quesito de experiência do público. 

Outra novidade para a edição de retomada do Coala Festival é o lançamento da Coala.Supply, marca de roupas vinculada ao evento. Essa estreia acontece com a chegada de 10 peças, entre camisetas, moletons, chapéu bucket, entre outros. “Colocar um pé no mundo da moda com o Coala sempre foi um desejo. Acreditamos que é um universo que tem sinergia com a nossa marca. E, para isso, a ideia foi olhar para os produtos não como merchandising tradicional, mas como uma semente de algo que queremos que se torne, de fato, um novo braço da empresa a longo prazo”, comenta Christiano Vellutini, sócio e diretor criativo do Coala Festival. “A nossa ambição é que,  com o tempo, as pessoas fiquem tão curiosas para conhecer o line-up do festival quanto para saber como vai ser a coleção do Coala.Supply da edição. Também queremos extrapolar os limites do festival e fazer com que o Coala.Supply seja uma marca always-on”, ele completa.

Neste ano, o Coala Festival bate o recorde de patrocínios e parcerias, se tornando um dos festivais mais atrativos para as marcas trabalharem sua relação com a audiência de forma criativa e assertiva. “Sempre soubemos do potencial do Coala Festival para apresentar artistas, fazer encontros e jogar luz na música brasileira. A sua grandeza foi sendo reafirmada a cada uma de suas edições e, sem dúvida, o apoio dos nossos patrocinadores e parceiros foi essencial para essa construção, que fez com que chegássemos em 2022 com a maior edição da nossa história“, afirma Thiago Custódio, sócio e head de parcerias do festival. “Neste ano, temos entre os nossos novos patrocinadores o Itaú, que, pela primeira vez, chega para fortalecer a música brasileira e apresentar mais um dia de festival“, ele complementa.

PUBLICIDADE

Durante o período de pandemia, o Coala se aproximou de novos públicos e conquistou territórios com a sua edição virtual, que somou 660.000 espectadores. O grandioso retorno presencial, no Memorial da América Latina, mantém essa audiência cativa com a transmissão de todos os shows que passarão pelo palco do Coala 2022. A exibição será feita no canal oficial do Coala Festival no YouTube e, além das apresentações, as pessoas poderão sentir o clima coalático à distância e acompanhar entrevistas com as atrações nos bastidores. A transmissão será conduzida por Leo Madeira e Gi Groff.

Para reforçar a ideia de que esta será a maior edição da sua história, o Coala espalha o seu clima pela capital paulista antes mesmo do final de semana chegar. O evento programa shows por casas de São Paulo, como Mayra Andrade e Rodrigo Amarante, no dia 14 de setembro, na Audio.

O Coala Festival tem patrocínio de Itaú, Amstel, Chás Leão; Spotify é o player oficial; há parceria de Natura Musical; apoio de Jameson, Motorola Edge, Levi’s, 51 ICE e Red Bull; rádio Eldorado 107,3FM e eletromídia são media partners; e, MaxMilhas é parceiro de viagem oficial.

PUBLICIDADE

Confira os horários do Coala Festival 2022:
16 de setembro (sexta-feira)
14h: abertura dos portões
14h: Gustavo Treze
14h40: Tasha & Tracie
15h20: Eunãotodoido
15h55: Liniker
16h45: Peroli
17h20: Gilberto Gil
18h20: Deekapz
18h55: Mayra Andrade
19h50: KL Jay
20h25: Djavan

17 de setembro (sábado)
11h: abertura dos portões e DJ set da curadoria
13h: Vitória Nicolau
13h30: Rachel Reis
14h10: Odara Kadiegi
14h45: Ana Frango Elétrico
15h25: DJ Tudo
16h: Alceu Valença
17h: BRIME
17h35: BK’
18h20: Ubunto
18h55: Bala Desejo
19h50: Tata Ogan
20h25: Gal Costa part. Rubel e Tim Bernardes

18 de setembro (domingo)
11h: abertura dos portões e DJ set da curadoria
12h30: Liz Tibau
13h315: Chico Chico e Juliana Linhares
14h00: Miria Alves
14h35: Nego Bala
15h20: DJ Diaz
15h55: Marina Sena
17h20: Rodrigo Amarante
18h10: Cinara
18h45: Black Alien
19h40: Discopédia
20h25: Maria Bethânia

PUBLICIDADE

Mais informações, a seguir:
Coala Festival 2022

Data: 16, 17 e 18 de setembro
Local: Memorial da América Latina
Vendas: https://cart.totalacesso.com/coala-fstvl2022

* Ingresso avulso – Sexta-feira – 16 de setembro (quinto lote)
Meia-entrada: R$ 150,00
Ingresso solidário: R$ 190,00
Inteira: R$ 300,00

* Ingresso avulso – Sábado – 17 de setembro (lote extra)
Meia-entrada: R$ 270,00
Ingresso solidário: R$ 325,00
Inteira: R$ 540,00

PUBLICIDADE

* Ingresso avulso – Domingo – 18 de setembro (lote extra)
Meia-entrada: R$ 270,00
Ingresso solidário: R$ 325,00
Inteira: R$ 540,00

Tipos de Ingressos:
Passe Coalático: Válido para os dois dias do Coala FSTVL©️ 2022
Inteira: Válido apenas para o dia escolhido
Meia-entrada: Válido apenas para o dia escolhido (obrigatória a apresentação do documento comprobatório ao direito a meia-entrada na entrada no evento).
Ingresso Solidário: Válido apenas para o dia escolhido (obrigatória a entrega de 1 kg de alimento não-perecível na entrada do evento)

SOBRE O COALA FESTIVAL
Criado em 2014, o Coala Festival é um dos eventos mais importantes do país, além de ser um dos mais aguardados do calendário. Responsável por ditar tendências e fortalecer a música brasileira de forma criativa e diversa, o festival realizou seis edições no Memorial da América Latina, em São Paulo, por onde passaram nomes como Caetano Veloso, Gilberto Gil, BaianaSystem, Emicida, Duda Beat, Dona Onete, Liniker, entre outros. Agora, em 2022, o Coala passa a ter três dias de duração. Na maior edição de sua história, o festival celebra a retomada sem perder a sua essência, com espaço para encontros, fusões de ritmos e representantes de vários gêneros musicais e regiões do Brasil.

PUBLICIDADE

Assessoria de Imprensa:
Trovoa Comunicação

Foto:
Wesley Allen

PUBLICIDADE