Toquinho comemora 55 Anos de Música no Theatro São Pedro no dia 03 de setembro

Pics Música e Cultura | Toquinho comemora 55 Anos de Música no Theatro São Pedro no dia 03 de setembro
Pics Música e Cultura | Toquinho comemora 55 Anos de Música no Theatro São Pedro no dia 03 de setembro

Um dos mais importantes  cantores  e compositores  brasileiros apresenta seus maiores sucessos em apresentação única em Porto Alegre

Comemorar os 55 Anos de Música de um dos grandes nomes da nossa Música Popular Brasileira, é quase uma obrigação da cultura do nosso País. Acompanhado por uma banda de excepcionais músicos, Toquinho apresentará um dos grandes shows da sua vitoriosa carreira.

Com seu inconfundível violão e uma banda luxuosa, transforma a cena numa sala de visitas muito intimista, tocando canções que o acompanham desde a infância e que só cantou entre amigos. Essas apresentações terão convidados “virtuais” de grande renome, como: Paulinho da Viola, Chico Buarque e Jorge Ben Jor, revivendo esses parceiros queridos por meio de modernas projeções.

São fragmentos saborosos de 55 anos de talento, virtuosismo, amizades, parcerias, shows e discos pelo Brasil e pelo mundo, construindo histórias, colocando à prova sentimentos, vivenciando euforias, encontros e solidões. É essa felicidade que Toquinho leva ao palco, entrelaçado a seu violão, de quem se tornou irmão e amigo, até confundirem-se em madeira e pele, cordas e coração. Portanto, um merecido espetáculo de gala para esse artista, que tanto divulgou a nossa cultura, por todo esse mundo.

Toquinho comemora os seus 55 anos de carreira com informalidade e descontração, com uma série de shows pelas principais capitais brasileiras, num espetáculo ao mesmo tempo grandioso e intimista. Desta forma, vai interpretando trechos de canções que ele curtia muito em sua meninice, tudo de maneira muito natural; vai definindo alguns blocos num roteiro emocional, sem preocupação didática ou cronológica.

Inspirado na vocação e no amor à música, homenageia alguns mitos de sua adolescência, que vieram a se transformar em amigos: Tom Jobim, com os clássicos “Este seu olhar”, “Corcovado”, “Eu sei que vou te amar”, “Se todos fossem iguais a você”; Baden Powell, com “Berimbau”, e seu grande mestre Paulinho Nogueira, com “Bachianinha n.º 1”, Jorge Ben Jor, na interpretação de “Que Maravilha”, seu primeiro sucesso.

Toquinho não se esquece do universo infantil. Seu talento e sua capacidade de dialogar com as crianças estão presentes em “A bicicleta”, “O pato” e “A casa”, e encerra o espetáculo com os grandes sucessos que fez com Vinicius de Moraes, uma síntese da criativa parceria de 10 anos.

São fragmentos saborosos de 55 anos de talento, virtuosismo, amizades, parcerias, shows e discos pelo Brasil e pelo mundo, apresentados de uma forma muito profissional. Construindo histórias, colocando à prova sentimentos, vivenciando euforias, encontros e solidões, fazendo, todavia, prevalecer sempre a alma transformadora do artista a congregar em torno de sua música a admiração de adultos e crianças, seduzidos pela sua perseverança em ser feliz.

SOBRE O ARTISTA
Antonio Pecci Filho (Toquinho) nasceu em São Paulo, no bairro do Bom Retiro, em 6 de julho de 1946. Gravou cerca de 80 discos, compôs mais de 300 músicas e fez cerca de 5.000 shows pelo Brasil e pelo Exterior.

Principais parceiros: Vinicius de Moraes, Chico Buarque, Jorge Ben Jor, Paulinho da Viola, Francis Hime, Mutinho, Carlinhos Vergueiro, Gianfrancesco Guarnieri, Elifas Andreato, Paulo César Pinheiro.

Principais influências: Baden Powell, Edgard Gianullo, Oscar Castro Neves

Principais mestres: Paulinho Nogueira (primeiros e principais acordes), Isaías Sávio (violão erudito) e Léo Peracchi (orquestração).

Principais sucessos:Aquarela”, “Tarde em Itapuã”, “Que maravilha”, “Regra três”, “Escravo da alegria”, “O caderno”, “A casa”, “O pato”, “Na tonga da mironga”, “Samba de Orly”, “Carta ao Tom 74”, “Cotidiano n.º 2”, “Samba pra Vinicius”, “Carolina Carol

Show “Toquinho – 55 Anos de Música”
Ficha Técnica:
Roteiro, voz e violão: Toquinho.
Arranjos: Maestro Djalma Wolff
Participação Especial: Camila Faustino
Figurinos: Marco Lima
Concepção de Luz: Wagner Freire
Concepção de Som: André Omote
Sonorização: Radar Sound
Iluminação: Armazém da Luz
Coordenação: Genildo Fonseca
Produção Local: Marcelo Filgueiras
Assessoria de Imprensa local: Silvia Abreu
Direção de Produção: Raul Leite
Realização: Script Produções

SERVIÇO:
Dia: 03 de setembro de 2022, sábado
Hora: 21 horas
Local: Theatro São Pedro
Valor dos Ingressos
Plateia e Cadeira Extra: R$ 280,00
Camarote Central: R$ 240,00
Camarote Lateral: R$ 200,00
Galeria: R$ 100,00

PUBLICIDADE