Borknagar – True North (Um Metal por Dia)

Borknagar – True North

O Borknagar é um dos grupos mais interessantes que surgiram no cenário da música extrema na década de 90

A banda norueguesa, que sempre buscou novos paradigmas para o black metal, soltou em 2019 o seu 11º trabalho de estúdio, intitulado “True North“.

Incorporando referências do power metal, do folk e do metal progressivo, ICS Vortex (vocal e baixo), Oystein Brun e Jostein Thomassen (guitarras), Lars Nedland (vocal e teclado) e Bjorn Ronnow (bateria) gravaram aqui nove composições densas, complexas e ricas em detalhes. Com aquela aura fria, típica de quase todas as bandas da Escandinávia, o álbum ganhou bastante com a mixagem de Jens Bogren e com o material gráfico desenvolvido pelo brasileiro Marcelo Vasco. eleito pela Loudwire um dos 50 melhores álbuns de 2019 e considerado pelos usuários do Encyclopaedia Metallum o terceiro registro mais importante do grupo, “True North” consolida tudo aquilo que o Borknagar criou em 25 anos de estrada.

Maduro e consiste, o registro acaba ganhando destaque, até mesmo diante dos clássicos “Quintessence” (2000) e “Empiricism” (2001), por ser rebuscado e bastante diversificado. As faixas longas, cheias de variações rítmicas e mudanças de vozes, mostram como o quinteto consegue transitar entre a melancolia e agressividade, a partir de riffs vistosos e de uma performance dramática e envolvente de ICS Vortex, frontman principal do grupo. Do peso às melodias cadenciadas, os melhores momentos de “True North” ficam por conta das faixas “Thunderous“, “Up North“, “The Fire that Burns“, “Wild Father’s Heart“, “Mount Rapture“, “Into the White”, “Tidal” e “Voices”.

Lançado no Brasil pela Heavy Metal Rock, “True North” marca uma nova fase para Borknagar – sem mais Vintersorg como vocalista – e comprova como o grupo segue evoluindo, tornando o black metal menos estático e mais abrangente.




Sobre o autor