Sebastian Bach – Angel Down (Um Metal por Dia)

Sebastian Bach – Angel Down

Apesar de ter iniciado a sua carreira solo em meados dos anos 90, Sebastian Bach foi gravar o seu primeiro álbum individual somente em 2007

O ex-Skidrow, que até aquele momento se dedicava somente aos discos ao vivo com material antigo, conseguiu impressionar muita gente quando “Angel Down” chegou às lojas.

O registro, distante do Hard Rock de outrora e com influências marcantes do Heavy Metal tradicional, foi produzido por Roy Z Ramirez e contou com a colaboração de instrumentistas consagrados do mundo metálico, como o guitarrista MetalMikeC, o baixista Steve DiGiorgio e o baterista Bobby Jarzombek.

Com 14 composições, sendo três covers, Sebastian Bach alcançou uma boa colocação nos charts da Billboard e viu cinco singles serem incluídos na programação das rádios norte-americanas. Gravado no conceituado Sound City Studios, em Hollywood, o álbum privilegia os riffs volumosos e uma performance visceral do seu frontman.

O repertório de “Angel Down“, direto e extremamente agressivo, tem um pique incrível e um convidado mais do que especial. O genioso Axl Rose, que na época dava os últimos retoques no eternamente aguardado “Chinese Democracy“, topou o convite para participar de três faixas. Da ríspida “Angel Down” à balada “By Your Side“, o disco ganha um contorno fenomenal justamente quando o vocalista do Guns N’ Roses é acionado, seja na versão pesada de “Back in The Saddle“, do Aerosmith, ou nas candidatas a hit “(Love Is) a Bitchslap” e “Stuck Inside“.

Além dessas, Bach ainda mostra desenvoltura nas empolgantes “You Don’t Understand” e “American Metalhead“, essa última original do Painmuseum, grupo paralelo de Metal Mike.

Recebido de forma exitosa pela crítica especializada, “Angel Down” cumpre tudo aquilo que promete, exalando uma pegada e uma energia acima média, que só as grandes estrelas podem proporcionar.




Sobre o autor