Absu – Absu (Um Metal por Dia)

Absu – Absu

O Absu, um dos nomes emblemáticos do Black Metal norte-americano, encerrou as suas atividades no ano passado, com quase três décadas de história

A banda, que se tornou um pouco conhecida no brasil após participar de um tributo ao Iron Maiden chamado “A Call to Irons” (que chegou a circular por aqui), soltou em 2009 o seu quinto trabalho de estúdio, autointitulado.

Utilizando sintetizadores de maneira inteligente e explorando algumas nuances sinfônicas, a banda capitaneada pelo vocalista/baterista Proscriptor Mcgovern criou aqui um repertório agressivo e atmosférico, que foi muito bem lapidado dentro do estúdio.

Absu” chama a atenção por conta da sua sonoridade, que é sofisticada e acessível ao mesmo tempo. Se as guitarras de Aethyris Macckay e Zawicizuz proporcionaram uma abordagem melódica superinteressante ao material, deixando de lado aquela pegada caótica que marcou presença nos seus registros anteriores.

O Absu, que curiosamente não traz a religião como tema central de suas letras, ainda foge do senso comum do estilo ao abordar assuntos exotéricos e/ou ligados à mitologia suméria nas suas canções. Com destaque para as faixas “Nigh Fire Canozination”, “Amy”, “13 Globes”, “In the Name of Auebothiabathabaithobeuee” (o que é isso?!) e “Ye Uttuku Spells”, o disco colecionou reviews extremamente positivos, inclusive de veículos pouco afeitos ao heavy metal como o portal indie Pitchfork.

Absu”, além de trazer uma banda com fôlego e reposicionada dentro dos rumos que o Black Metal tomava naquele momento com a expansão do Post-Metal, se tornou uma referência na discografia do Absu, servindo de porta de entrada para quem nunca ouviu nada do grupo.




Sobre o autor