Delain – The Human Contradiction (Um Metal por Dia)

Delain – The Human Contradiction

Criado pelo ex-tecladista do Within Temptation Martijn Westerholt, o Delain está na ‪estrada desde 2006‬ e pode ser apontado como um dos expoentes da nova safra do metal sinfônico.

O grupo, que sempre se aproveitou do talento inquestionável da vocalista Charlotte Wessels, soltou em 2014 o seu quarto trabalho de estúdio, chamado “The Human Contradiction“.

Incorporando algumas referências do Gothic Metal e até mesmo do Hard Rock, o registro foi muito bem-recebido pela crítica especializada, tendo a sua versatilidade elogiada por publicações do calibre da Metal Hammer e da Decibel Magazine.

As participações especiais de Alissa White-Gluz e de Marko Hietala, que dividem os vocais com Charlotte em três das nove faixas do material, deram um brilho extra ao repertório.

Baseado em uma história de ficção científica e com uma pegada bem radiofônica, o Delain alcançou boas posições nos charts do Reino Unido e do Estados Unidos, conseguindo projetar o seu nome para além do cenário metálico europeu.

A desenvoltura de Charlotte ao microfone, os elementos orquestrais trazidos por Westerholt e os riffs de guitarra de Timo Somers são os principais elementos de “The Human Contradicition“, que tem o mérito de ser mais direto e menos rebuscado do que a maioria dos discos do gênero.

Your Body Is A Battleground“, “Tell Me, Mechanist“, “Sing To Me“, “Army Of Dolls” e “Don’t Let Go” são os destaques da obra, que impressiona também pela sua energia, pelos seus refrão grandiosos e pela sua produção cristalina.

Se o Delain parecia que tinha tudo para se consolidar entre os principais representantes do estilo depois de “Apocalypse & Chill” (2020), a debandada dos integrantes – restando apenas Westerholt e o baterista Sander Zoer na banda – indica que o grupo precisará ser reconstruído antes de voltar ao estúdio mais uma vez.





Sobre o autor