Instituto Ling aquece Noite dos Museus e anuncia sua programação completa com oficinas de slam, shows, performances, espetáculo infantil e festa à fantasia

Além das oito atrações que já haviam sido divulgadas para o mês de março, o Instituto Ling ainda receberá diversas outras atividades culturais até maio, todas gratuitas, em preparação para o grande evento

programação de aquecimento para o Noite dos Museus 2022 agora está completa. Além das primeiras atrações que já haviam sido anunciadas para o mês de março, o Instituto Ling, sede desta agenda especial, ainda receberá diversas outras atividades culturais nos próximos meses, todas com entrada franca, em preparação para a sexta edição do grande evento, que acontecerá em 21 de maio.

O calendário final inclui oficinas de slamshowsperformancesespetáculo infantil e até uma festa à fantasiaalém de rodas de conversa para discutir o futuro dos espaços culturais.

MARÇO
A maratona cultural iniciou no dia 5, com elogiado show dos irmãos Ernesto e Paulinho Fagundes apresentando, com voz, violão e bombo leguero, o seu mais recente disco, Capricórnio, e ainda teve a produtora musical, compositora e performer Bê Smidt mostrando o projeto artístico Viridiana (dia 9) e com apresentação da performance de dança Macho Homem Frágil, de Eduardo Severino (dia 11).

PUBLICIDADE

A programação de março segue com o ciclo de debates O museu depois: qual será o papel das instituições culturais no pós-pandemia?. Serão três encontros com enfoques e convidados diferentes. Nesta quarta-feira, dia 16, o diretor do Itaú Cultural, Eduardo Saron, e a coordenadora da programação cultural do Instituto Ling, Laura Cogo, falarão sobre as novas realidades enfrentadas pelas instituições culturais, em bate-papo com mediação do diretor executivo da Unibes Cultural, Bruno Assami. No dia 23, o tema será A (in)visibilidade negra, feminina, trans e indígena nas instituições culturais, em conversa entre a coordenadora de educação do Instituto Moreira Salles, Renata Bittencourt, e o curador e doutor em artes visuais Igor Simões, com mediação do jornalista cultural Roger Lerina. E no dia 30, o projeto receberá o pesquisador e crítico de arte Paulo Herkenhoff e a diretora do IEAVi e do MACRS, Adriana Boff, para discutirem o futuro das instituições culturais.

Ainda neste mês, no dia 18, haverá apresentação do espetáculo Cross-Cap, concebido pela diretora Lícia Arosteguy com os bailarinos Luciano TavaresRenata de Lélis e Viviane Lencina. A obra coreográfica não linear, com trilha original de Caio Amon, explora a ideia de estruturas impossíveis, inspiradas no artista gráfico M. C. Escher. Já no dia 25, o centro cultural será palco de uma performance com a  cantora, poeta, compositora e escritora Pretana apresentando seu repertório autoral com participação do DJ José Castelan. A multiartista de 23 anos, natural de Belo Horizonte, mostrará o trabalho que vem desenvolvendo em Porto Alegre desde os 16 anos, quando iniciou sua carreira no circuito slammer da cidade, sendo integrante de projetos como o Slam das Minas e o Poetas Vivos.

ABRIL
Em abril, a agenda inicia já no dia 1º, com uma performance sonora inédita de Guilherme Dable e Ricardo de Carli. Usando baixo, bateria, sintetizadores e outros objetos, os artistas apresentam uma intervenção, pensada especialmente para a galeria do Instituto Ling, que dialogará com a exposição UMA EXPERIÊNCIA COMPARTILHADA: Ateliê de Gravura da Fundação Iberê, em cartaz no centro cultural. Depois, no dia 8, haverá show da banda gaúcha Supervão interpretando ao vivo o EP Depois do Fim do Mundo (2020), além dos singles mais recentes da banda. Misturando beats eletrônicos, graves dançantes e guitarras psicodélicas, o grupo de São Leopoldo, formado por Mario Arruda (voz, beat e sintetizador) e Leonardo Serafini (guitarra, sintetizador e drum machine), acompanha as emergentes tendências sonoras contemporâneas sem perder as características estéticas do indie eletrônico.

PUBLICIDADE

No dia 9, haverá duas programações. Às 16h, as famílias poderão aproveitar o espetáculo cênico-musical infantil Nesse Mundo Maluco, do Grupo Mú. Com muita poesia, elementos do circo, teatro e dança, os músicos brincantes Marie Jafy (voz e percussão), Isaías Luz (voz e violão), Tomás Piccinini (voz e sax) e Rodrigo Apolinário (voz e teclado) criarão uma atmosfera lúdica cheia de surpresas e interações com o público. A outra atividade são as Oficinas de Slam, orientadas por CruaLella AlvesJuliana LuiseTiatã e Verte, do Slam das Minas/RS, um dos mais notórios grupos do circuito slammer de Porto Alegre. Serão três turmas em diferentes horários, cada uma com uma hora de duração, tendo início às 14h, às 16h e às 18h.

Já no dia 12, a cantora e compositora gaúcha Ianaê Régia fará o pré-lançamento do seu primeiro álbum, mostrando sua transição entre o orgânico, o eletrônico e seu R&B alternativo. E para encerrar o segundo mês de programação e também marcar o fechamento do Festival de Cinema Fantástico de Porto Alegre, o Instituto Ling receberá no dia 30 a FFF – Festa à Fantasia Fantaspoa. O encontro aberto ao público será animado pela discotecagem de DJs convidados do festival – incluindo alguns dos diretores participantes desta edição do Fantaspoa – e ainda terá desfile de fantasias do público, com as melhores produções sendo premiadas por um júri especial.

MAIO
Para fechar a programação, o Ling Aquece Noite dos Museus promoverá dois shows em maio. O primeiro, no dia 3, será com Paola Kirst e Lorenzo Flach apresentando Vertigem, performance musical que traz novas composições da cantora, temas instrumentais do músico, além de releituras de outros compositores e parcerias que nasceram do encontro entre eles. Logo em seguida, no dia 4, será a vez da banda El Negro mostrar o espetáculo de lançamento de seu terceiro disco, Como um raio silencioso que antecede o trovão.

PUBLICIDADE

Depois disso, a programação de aquecimento termina para que a equipe do Noite dos Museus finalize os últimos detalhes para o grande evento no dia 21 de maio. Em sua sexta edição, o projeto abrirá o Instituto Ling e diversos outros centros culturais da capital gaúcha em horário diferenciado, com uma intensa programação de apresentações artísticas. As entidades e as atrações culturais participantes serão divulgadas em breve pela organização do evento.

Esta programação é uma realização do Noite dos Museus e do Instituto Ling, com curadoria e produção da Rompecabezas.

SERVIÇO – PROGRAMAÇÃO PRESENCIAL
Ling Aquece Noite dos Museus
De 5 de março a 21 de maio de 2022
Instituto Ling (Rua João Caetano, 440 – Três Figueiras – Porto Alegre/RS)
Programação gratuita, mediante inscrição prévia no site www.institutoling.org.br

PUBLICIDADE

Agenda de março
– Dia 5 de março, sábado, às 19h – Ernesto e Paulinho Fagundes apresentam o show Capricórnio
– Dia 9 de março, quarta-feira, às 20h – Performance artística Viridiana, com a compositora e performer Bê Smidt
– Dia 11 de março, sexta-feira, às 20h – Performance de dança Macho Homem Frágil, criada e protagonizada por Eduardo Severino, com direção de Eva Schul e trilha sonora de Felipe Azevedo
– Dia 16 de março, quarta-feira às 19h – O museu depois: qual será o papel das instituições culturais no pós-pandemia? As novas realidades enfrentadas pelas instituições culturais no pós-pandemia. Debate com diretor do Itaú Cultural, Eduardo Saron, e a coordenadora da programação cultural do Instituto Ling, Laura Cogo, com mediação do diretor executivo da Unibes Cultural, Bruno Assami
– Dia 18 de março, às 20h – Cross-Cap, performance de dança com Luciano Tavares, Renata de Lélis e Viviane Lencina, dirigida por Lícia Arosteguy, com trilha original de Caio Amon
– Dia 23 de março, às 19h – O museu depois: qual será o papel das instituições culturais no pós-pandemia? A (in)visibilidade negra, feminina, trans e indígena nas instituições culturais. Debate com a coordenadora de educação do Instituto Moreira Salles, Renata Bittencourt, e o curador e doutor em artes visuais Igor Simões, com mediação do jornalista cultural Roger Lerina
– Dia 25 de março, sexta-feira, às 20h – Performance com a  cantora, poeta, compositora e escritora Pretana e participação do DJ José Castelan
– Dia 30 de março, às 19h – O museu depois: qual será o papel das instituições culturais no pós-pandemia? As instituições culturais de hoje e amanhã. Debate com o pesquisador e crítico de arte Paulo Herkenhoff e a diretora do IEAVi e do MACRS, Adriana Boff, com mediação da coordenadora da programação cultural do Instituto Ling, Laura Cogo

Agenda de abril
– Dia 1º de abril, sexta-feira, às 20h – Performance sonora com Guilherme Dable e Ricardo de Carli. Usando baixo, bateria, sintetizadores e outros objetos, os artistas farão uma intervenção pensada especialmente para a galeria do Instituto Ling, que dialogará com uma nova exposição que estará em cartaz
– Dia 8 de abril, sexta-feira, às 20h – Banda Supervão, formada por Mario Arruda (voz, beat e sintetizador) e Leonardo Serafini (guitarra, sintetizador e drum machine), apresenta show do EP Depois do Fim do Mundo
– Dia 9 de abril, sábado, com turmas às 14h, às 16h e às 18h – Oficina de Slam, com conteúdo teórico e exercícios práticos de poesia falada. Orientada por Crua, Lella Alves, Juliana Luise, Tiatã e Verte, do Slam das Minas/RS, para públicos acima de 16 anos
– Dia 9 de abril, sábado, às 16h – Espetáculo cênico-musical infantil Nesse Mundo Maluco, do Grupo Mú, com os músicos brincantes Marie Jafy (voz e percussão), Isaías Luz (voz e violão), Tomás Piccinini (voz e sax) e Rodrigo Apolinário (voz e teclado)
– Dia 12 de abril, terça-feira, às 20h – Show de pré-lançamento do primeiro disco da cantora e compositora gaúcha Ianaê Régia
– Dia 30 de abril, sábado, às 20h – Festa à Fantasia do Fantaspoa, com discotecagem de DJs convidados e desfile de figurinos

Agenda de maio
– Dia 3 de maio, terça-feira, às 20h – Performance musical com Paola Kirst e Lorenzo Flach
– Dia 4 de maio, quarta-feira, às 20h – Banda El Negro, formada por Mumu (guitarra), Leandro Shirmer (bateria), Guilherme Wallau (guitarra e violões), Zé (baixo) e Jhonny Rigoni (teclado e guitarra), com o show de lançamento de seu terceiro disco, Como um raio silencioso que antecede o trovão
 
Ações de prevenção e combate ao coronavírus
O Instituto Ling segue limitando o número de visitantes, exigindo o uso correto da máscara (e fornecendo o item se os clientes precisarem), disponibilizando álcool gel e estabelecendo distanciamento. O guia completo do centro cultural, que detalha os cuidados de prevenção e combate ao coronavírus, pode ser conferido em https://institutoling.org.br.
 
Sobre o Noite dos Museus
O projeto estreou em Porto Alegre em 2016 e já reuniu milhares de pessoas nas ruas e nos espaços culturais da capital gaúcha, com público crescente a cada ano. Somente em sua última edição presencial, em 2019, o evento mobilizou mais de 105 mil pessoas. Em 2020, com a chegada da pandemia, a iniciativa foi realizada virtualmente, com oito horas de transmissão ao vivo direto dos museus. No mesmo ano, o projeto também lançou o portal www.noitedosmuseus.com.br, que reúne conteúdos originais sobre arte e cultura. A sexta edição do megaevento está confirmada para o dia 21 de maio, retomando o seu formato presencial, com diversas instituições culturais de Porto Alegre participantes e dezenas de atrações artísticas.

PUBLICIDADE

Informações úteis
Site: www.institutoling.org.br
Facebook: www.facebook.com/InstitutoLing
Instagram: www.instagram.com/Instituto.Ling
Twitter: twitter.com/@InstitutoLing
YouTube: www.youtube.com/c/InstitutoLingCultural
Fone: 51 3533-5700
Email: [email protected]

Estacionamento: o Instituto Ling possui estacionamento pago com 40 vagas.

Bicicletários: há bicicletários gratuitos em dois pontos: um localizado dentro do estacionamento e outro na parte externa do prédio, com 32 vagas.

PUBLICIDADE

Acessibilidade: o prédio do Instituto Ling foi projetado para propiciar comodidade e autonomia aos portadores de deficiência, além de oferecer excelente conforto térmico e acústico. O Instituto Ling possui o Selo de Acessibilidade da Prefeitura de Porto Alegre, conforme o Decreto nº 15.752 de 5 de dezembro de 2007, que atesta o atendimento da instituição às pessoas com diferentes características antropométricas e sensoriais, de forma autônoma, segura e confortável. O centro cultural oferece também a possibilidade de contratação de um intérprete de Libras, além do acesso à audiodescrição do acervo de artes visuais, dos espaços do prédio e paisagismo. Todo material de audiodescrição se encontra disponível em tablets fornecidos pelo Instituto Ling.

Informações para a imprensa:
Jéssica Barcellos Comunicação

Fotos:
Amanda Gatti

PUBLICIDADE