Iron Fire – Beyond The Void (Um Metal por Dia)

Iron Fire – Beyond The Void

O Iron Fire só não entrou antes no Um Metal Por Dia porque o primeiro disco da banda, o ótimo “Thunderstorm“, não está disponível nas plataformas de streaming.

Apesar da sua estreia em alto nível, o grupo dinamarquês, que iniciou a sua trajetória em 2000, nunca conseguiu ocupar um bom espaço no cenário power metal, já que entre os seus nove trabalhos de estúdio há altos e baixos.

Lançado no ano passado, “Beyond The Void” é um dos registros mais interessantes da banda, que tem no vocalista e baixista Martin Steene a sua principal referência (e único membro da formação original).

Com composições menos melódicas e mais pesadas, o Iron Fire parece que se reencontrou aqui, deixando de apenas repetir a mesma fórmula saturada de outrora para repaginar a sua sonoridade com alguns timbres e elementos mais modernos, principalmente no que diz respeito às guitarras.

Numa comparação, o grupo agora parece estar mais próximo do Grave Digger do que do Hammerfall, numa linha bem diferente do que era lá no começo da sua jornada. Agressivo e encorpado, o repertório de “Beyond The Void” é composto por 12 faixas que não são enjoativas.

A qualidade das canções “Beyond The Void“, “Cold Chains Of The North“, “Wrong Turn“, “Old Habits Die Hard” e “One More Bullet“, por exemplo, mostram que o Iron Fire saiu da zona de conforto, arriscou um pouco e não ficou preso àquelas fórmulas pré-estabelecidas do gênero, transformadas em senso comum há algum tempo.

Com mais dois ou três discos parecidos, o Iron Fire poderá se colocar, finalmente, no mesmo patamar dos ícones do power metal.





Sobre o autor