Blackfoot – Strikes (Um Metal por Dia)

Blackfoot – Strikes

O Southern Rock não se resume apenas ao Lynyrd Skynyrd. O gênero, apesar de ter na banda dos irmãos Van Zant a sua principal referência, revelou vários outros grupos interessantes, mesmo que a maioria não tenha conseguido alcançar o mesmo sucesso.

Em atividade desde meados dos anos 70, o Blackfoot é um exemplo disso. Explorando as influências do blues presentes no rock sulista, mas sentando o pé no peso do hard rock, a banda traçou a sua própria trajetória, com alguns trunfos fonográficos.

De 1979, “Strikes” é o terceiro álbum do conjunto, que foi impulsionado por dois singles, ambos bem posicionados nos charts dos Estados Unidos: “Highway Song” e “Train, Train“.

Instrumentalmente encorpado, com melodias caprichadas e refrãos envolventes, temos aqui um registro bastante visceral, em que o vocalista e guitarrista Rickey Medlocke – hoje membro do Lynyrd com dedicação exclusiva – tem carta branca para extravasar todo o seu talento, seja no quesito performático ou como compositor.

Além das duas faixas principais (“Train, Train” já foi coverizada por Dolly Parton e pelo Warrant), ainda há outras canções legais no material, perfeitas para você ouvir no carro pegando a estrada (à lá “Born To Be Wild“), como “Road Fever“, “I Got A Line On You“, “Baby Blue” e “Wishing Well“.

Apesar da sua sonoridade simples, “Strikes” é um disco bem trabalhado e diversificado, que faz um retrato bastante fiel dos melhores tempos do Southern Rock.

O Blackfoot segue em atividade até hoje, curiosamente, sem nenhum membro da sua formação original.





Sobre o autor