Accept – Restless And Wild (Um Metal por Dia)

Accept – Restless And Wild

O Accept é, sem sombra de dúvida, um dos nomes mais importantes do Heavy Metal mundial.

A banda, que lançou o seu primeiro álbum em 1979, se tornou uma grande referência do gênero já na década seguinte, quando vários dos seus discos foram aclamados pelos fãs e considerados obras imprescindíveis para a coleção de qualquer headbanger que se preze.

O quarto trabalho de estúdio dos germânicos, intitulado “Restless And Wild“, é um desses registros que ultrapassaram a barreira do tempo que tem o status de verdadeiro clássico do som pesado.

Gravado em apenas dois meses, o álbum chegou às lojas da Alemanha em 1982, sendo distribuído nos Estados Unidos e no restante da Europa a partir do ano seguinte. Em pouco mais de 40 minutos, “Restless And Wild” evidencia um grupo que começava a ganhar experiência em cima do palco e que já dominava toda a parte técnica, ao ponto de dispensar o auxílio de um produtor de fora.

Com composições fortes, até mais pesadas do que a New Wave of British Heavy Metal (N.W.O.B.H.M.) estava fazendo na época, a banda se aproximou aqui do Power e do Speed Metal, beirando o Thrash em alguns momentos.

Além de principais destaques da obra, “Fast As A Shark“, “Restless And Wild” e “Princess Of The Dawn” são alguns dos maiores hits do Accept e fazem parte dos shows do grupo até hoje.

Já “Ahead Of The Pack“, “Shake Of Heads” e “Get Ready“, apesar estarem em um segundo escalão, também contribuíram para o resultado excepcional que o disco conquistou mundo afora.

Restless And Wild” também chamou a atenção pela ótima performance do quarteto Udo Dirkschneider, Wolf Hoffmann, Peter Baltes e Stefan Kaufmann e foi o primeiro disco do Accept a ingressar nos charts da Inglaterra, mesmo sendo distribuído por um selo de pequeno porte.

Um registro muito bom e ainda atual.





Sobre o autor