Hatefulmurder – Reborn (Um Metal por Dia)

Hatefulmurder – Reborn

O Hatefulmurder é um dos grandes nomes da nova geração do Metal nacional.

O grupo carioca, que há pouco completou dez anos de estrada, conseguiu consolidar o seu nome no cenário em 2017, quando saiu o seu segundo álbum, intitulado “Red Eyes“.

Excursionando pelo Brasil e também fazendo shows em outros países da América do Sul, a banda ganhou experiência em cima do palco e retornou ao estúdio em 2019, para lançar aquele que é o seu melhor trabalho até agora.

Unindo influências do Death Metal, do Power Metal e do Metalcore, o Hatefulmurder pode ser comparado com o Arch Enemy, mas a sua proposta sonora mais moderna e extrema mostra que o grupo encontrou um caminho bastante próprio dentro do gênero.

Concretizado através de uma campanha de crowdfunding, “Reborn” é um disco excepcionalmente bem executado e produzido. Com um repertório direto e intenso, de cerca de 35 minutos, o álbum só evidencia a ótima pegada da banda, que executa as toda as nove faixas com maestria. o guitarrista Renan R. Campos, a vocalista Angélica Burns, o baixista Felipe Modesto e o baterista Thomás Martinoia estão muito bem entrosados e se destacam individualmente.

Já entre as composições, “Rise” e “Reborn” chamam a atenção pela sua raiva, quase desesperadora, e pelos seus nuances modernos.

Spit Deception” (talvez a principal faixa de todo o registro) e a densa “You Are Not The One” também despontam na linha de frente, assim como “Santificado Seja Meu Ódio“, com a sua letra em português.

A dica para quem curtir o Hatefulmurder é acompanhar o perfil @fas_hatefulmurder, cheio de informações sobre o grupo.





Sobre o autor