Nazareth – Hair Of The Dog (Um Metal por Dia)

Nazareth – Hair Of The Dog

Não é comum ver “Hair Of The Dog” na lista dos discos de Rock mais influentes de todos os tempos. Quanta injustiça!

O sexto trabalho de estúdio do Nazareth, lançado em 1975, certamente poderia marcar presença em todos os rankings desse tipo, já que o seu nível de qualidade é, realmente, acima da média.

Responsável por dar visibilidade comercial ao grupo escocês, numa época em que a concorrência era bastante acirrada, a banda conseguiu bater de frente com Led Zeppelin, Black Sabbath e Deep Purple, colocando o seu nome entre os grandes e vendendo mais de dois milhões de lp’s mundo afora.

Executando um Hard Rock básico e pesado, centrado na voz rouca de Dan McCafferty, o Nazareth reuniu em “Hair Of The Dog” algumas de suas melhores composições, de muito sucesso na época, e duas faixas covers, que tinham exclusivamente o intuito de colocar o grupo na programação das rádios.

O hit “Hair Of The Dog” e as intensas “Miss Misery” e “Changin’ Times“, assim como a balada “Love Hurts” (do Everly Brothers), são os destaques do material, que ainda beira o Southern Rock em “Whiskey Drinkin’ Woman” e o progressivo em “Please Don’t Judas Me“, ambas muito boas também.

Vale registrar que o Nazareth segue em atividade até hoje, contando só com o baixista Peter Agnew como membro original. Já Dan McCafferty, que havia se aposentado dos palcos em 2013, lançou ano passado o álbum solo “Last Testament“, uma metafórica despedida sua também dos estúdios.





Sobre o autor