Pâmela Amaro e convidadas falam de samba e consciência negra na live do dia 13 de setembro

Em sua live mensal, ‘No Avesso do Samba’, a sambista gaúcha recebe a atriz Vera Lopes e a professora Naiara Silveira

Na próxima segunda-feira, dia 13 de setembro, às 20h, Pâmela Amaro recebe mais duas convidadas em sua live mensal, No Avesso do Sambam, no Instagram.

Com o tema “Samba e Consciência Negra”, a cantora e compositora conversa com a atriz Vera Lopes e a professora Naiara Silveira, duas mulheres que preservam e projetam com carinho a obra literária do poeta gaúcho Oliveira Silveira, um dos idealizadores do 20 de Novembro, Dia da Consciência Negra.

No Rio Grande do Sul, 2021 foi oficializado como o Ano do Cinquentenário do 20 de Novembro, em que se celebra os 50 anos do primeiro ato evocativo à data negra realizada pelo Grupo Palmares, em Porto Alegre, em 1971.

PUBLICIDADE

Naiara é filha do poeta e Vera, grande amiga e admiradora. Neste sentido, ambas falarão sobre suas trajetórias, sobre a conexão com o poeta, a poesia e o samba.

No Avesso do Samba são lives de bate-papo em que a sambista Pâmela Amaro convida mulheres que são lideranças e referências dentro do universo da música, em diversas áreas como nas culturas populares, na produção musical, na pesquisa e na criação artística.

Estes encontros “ao vivo” têm por objetivo enriquecer o processo criativo do disco “Samba às Avessas”, primeiro álbum autoral da cantora e compositora que tem patrocínio da Natura Musical, por meio da Lei Estadual de Incentivo (LIC). O projeto está em fase de gravação e tem previsão de lançamento em 2022.

PUBLICIDADE

A ideia de um samba às avessas trazida no contexto do novo disco consiste em (re)conhecer o samba a partir das narrativas trazidas pelo olhar das mulheres. O avesso é olhar pelo lado da matriarcalidade, significa ver pelo lado de dentro, ir a fundo à busca de mostrar o ponto que não se vê. Sendo assim, a cada dia 13, ela convida o público a conhecer trajetórias de mulheres que merecem ser cada vez mais valorizadas e reverenciadas pelos papeis que desenvolvem nas suas comunidades.

O dia 13 é marcado pelo Dia da Sambista, aniversário de Dona Yvone Lara e, também, da sambista gaúcha, Zilah Machado; dia de falar de samba com mulheres.

Em sua primeira edição, Pâmela convidou a cantora e compositora Nilze Carvalho e a produtora cultural e jornalista Silvia Abreu; na segunda livre recebeu as jongueiras, Mestra Marcia Cunha e sua filha Luciana Carvalho. Em junho, conversou com as cantoras Glau Barros e Marietti Fialho e na última edição, em agosto, recebeu Sherol dos Santos e Fernanda Oliveira, do Coletivo Atinukés.

PUBLICIDADE

Sobre Pâmela Amaro

Pâmela Amaro é atriz, cantora, musicista, arte-educadora e compositora porto-alegrense. Nos últimos anos, tem se destacado como uma das vozes do samba no estado do RS, principalmente, a partir das composições que abordam temas variados, sempre positivando narrativas acerca das mulheres negras. Ativista cultural, toca cavaquinho, percussão e tem longo caminho na cena teatral elencando grupos como Usina do Trabalho do Ator (RS), Grupo Caixa Preta (RS), Turma do Pé Quente (RS), com atuação no cinema e em musicais. Integrou grupos musicais formados por mulheres musicistas, destes o mais atual é o grupo Três Marias. Em 2020, lançou seu primeiro EP solo, Veneno do Café, apresentando sua veia no samba de partido alto. No mesmo ano, a artista foi contemplada pela Natura Musical para realizar a produção do seu primeiro álbum, Samba às Avessas, atualmente em fase gravação.

Sobre as Convidadas:

PUBLICIDADE

Vera Lopes

Atriz, pesquisadora e roteirista, Vera Lopes é bacharel em Direito. Nascida em Porto Alegre, estreou no teatro em 1978 no espetáculo “Pulo do Gato”, com direção de Décio Antunes. No cinema gaúcho, teve sua estreia no premiadíssimo curta “O Dia em que Dorival encarou a Guarda”, de Jorge Furtado e José Pedro Goulart (1986). É uma das fundadoras do grupo de teatro Caixa-Preta. Atualmente é gestora do Espaço de Humanidades Ossos 21, no bairro Santo Antonio Além do Carmo, Salvador, Bahia, onde reside.

Naiara Silveira

PUBLICIDADE

Professora graduada em Pedagogia pela PUCRS, Naiara Rodrigues Silveira Lacerda tem pós-graduação em Alfabetização e Supervisão pela Unisinos e especialização em Educação de Surdos pela Unilassale. É secretária geral da Associação Negra de Cultura. Preside o Instituto Oliveira Silveira e é responsável pelo Acervo Oliveira Silveira. Atualmente, é supervisora escolar na EMEF Bilíngue para Surdos Vitória em Canoas.




ACESSE:

PUBLICIDADE

Instagram: https://www.instagram.com/pamela__amaro/
Facebook: https://www.facebook.com/pamela.amaro.31

SERVIÇO:

O Quê: LIVE “NO AVESSO DO SAMBA”. Pâmela Amaro convida a atriz e ativista Vera Lopes e a professora e ativista Naiara Silveira para falar sobre o tema “Samba e Consicência Negra”
Data: 13 de setembro de 2021, segunda-feira
Hora: 20h
Local: Instagram @pamela__amaro
Gênero: Livre | Classificação etária: Livre

PUBLICIDADE

Assessoria de imprensa:
Silvia Mara Abreu

Fotos:
Luis Ferreirah e acervo pessoal

PUBLICIDADE