O evento divulga o financiamento coletivo do artista na plataforma Catarse, criado para viabilizar o novo disco “Respira”

Paulinho Parada está cantando a vida e a esperança em show online que marca o lançamento de seu financiamento coletivo. Hospedado na plataforma Catarse, o projeto repleto de recompensas, pretende viabilizar a produção do novo álbum, chamado “Respira”, com previsão de lançamento ainda no segundo semestre de 2021. Nele o artista celebra a vida e a vontade de seguir em frente, com a garra e a esperança comuns aos artistas. Parada enfrenta esse momento com trabalho e resiliência, como grande parte da classe artística, prejudicada pela ausência de políticas públicas para o setor.  “Apesar do mundo viver uma tragédia inestimável com a pandemia, estou em um ótimo momento de minha vida”, afirma o artista.

O músico casou-se recentemente e será pai em setembro. E esse momento de afeto e companheirismo, à espera de uma nova vida, lhe rendeu uma ebulição criativa. “Com tantas mortes e tristezas pessoais e coletivas, nasceu uma flor no meio do deserto: minha filha Ana Júlia”, completa. “Eu canto porque a vida vale a pena, pra espantar qualquer problema o melhor é ser feliz”. Assim como diz a letra de “Respira”, canção que dá nome ao disco, Parada celebra a vida e olha para o horizonte na expectativa de dias melhores.

Entre as recompensas para quem apoiar o artista por meio do financiamento coletivo estão ingressos para o show de lançamento e aulas de música ministradas por Paulinho Parada – que é doutorando em música (violão, piano, técnica vocal, teoria musical). Também as empresas e produtos dos apoiadores poderão ter suas marcas relacionadas ao projeto Respira.

Paulinho Parada tem uma bela carreira na cena gaúcha. Lançou três discos de MPB como cantautor: o primeiro intitulado ‘Minhas Águas’ (2007) teve Plauto Cruz como destaque instrumental; ‘Expressão de Compositor’ (2013) foi o segundo e contou com Elias Barboza como solista; já em seu terceiro disco ‘Onde dorme o Sol’ (2018), dialogou com diversos músicos em um contexto ampliado, misturando elementos da música local de Porto Alegre, com o samba brasileiro e o tango portenho. Doutorando em música (URFGS), o músico resgatou a obra de Plauto Crus em um livro, um importante trabalho de pesquisa realizado ao lado de Reginaldo Gil Braga, seu orientador. Estudou os músicos da noite de Porto Alegre revisitando suas trajetórias de vida e narrativas permeadas por preconceitos de gênero, racismo e classe social. Foi até o Conservatório Central de Pequim, na China, com seu grupo de estudos ETNOMUS UFRGS, apresentar suas pesquisas: “é incrível como a cena cultural de Porto Alegre conhece muito pouco de sua própria história, ou manifesta raro interesse pelos artistas locais, enquanto outros países estão interessados na música feita por pessoas no sul do Brasil”, afirma o músico.

Enquanto seus projetos acadêmicos e de pesquisa se desenvolvem, lança um ou outro single – como ‘Fiz um samba’, lançamento de 2020 – , e compõe as músicas que farão parte do novo disco.

SERVIÇO:

Paulinho Parada – cantando a vida e a esperança

show online/ lançamento do financiamento coletivo

20 de julho, às 20h

Plataforma Zoom

Ingressos: entre R$ 20,00 e R$ 100,00

Link para ingressos:

https://www.sympla.com.br/paulinho-parada—cantando-a-vida-e-a-esperanca__1268837

Link para financiamento coletivo:

https://catarse.me/paulinhoparadarespira

Informações para a imprensa:
Bebê Baumgarten Comunicação


Sobre o autor