Povos do RS – dança e folclore no RS

Performances ao vivo e virtuais, oficinas de danças folclóricas e muitas lives com micro aulas acontecem de fevereiro a abril no projeto financiado pela Lei Aldir Blanc

O folclore está presente em nosso dia-a-dia. Em cada rincão, família, residência, mesmo nas grandes cidades, a herança cultural nos acompanha e esse legado viaja de geração em geração através dos tempos. O festival Povos do RS vem reforçar a memória das gentes, sua movimentação no mundo, trazer na forma de manifestação artística o folclore dos povos que habitam o Rio Grande do Sul e sua diversidade. Ao todo serão dez lives com micro aulas, dez oficinas e três noites de apresentações. As lives se iniciam dia cinco de fevereiro e seguem até o dia 05 de abril. Já as oficinas e apresentações serão em abril, encerrando o projeto em grande estilo e com muita dança. Grupos da cultura negra, de etnias diversas, das danças populares e tradicionais estarão presentes nos dias de festival, que será totalmente gratuito, envolvendo mais de 200 trabalhadores das artes, bem como pede a Lei Aldir Blanc.

Após a Segunda Guerra Mundial a UNESCO criou uma forma de promover a união entre os povos por meio de festivais internacionais de folclore espalhados pelo mundo. Desde então, entre os grupos folclóricos, se criou essa tradição de unir-se em eventos não competitivos a fim de disseminar seu trabalho, conhecimento, atualizar seus repertórios e, sobretudo, trocar com outros grupos do gênero em todo o planeta. Aqui no RS já é tradição festivais de folclore que anualmente trazem convidados de muitas partes do globo para mostrar sua dança. Este ano, em função da pandemia da COVID 19, nossos comportamentos sofreram drásticas alterações, mas a arte resiste e acha seus caminhos.

Povos do RS chega então com essa proposta de união, discussões sobre diversos temas pertinentes ao folclore, memória, história e legado e a troca de saberes, como forma de valorização da nossa cultura. Entre os grupos presentes estão Andanças, Kadima, Jupem, Afro-Sul Odomode, CTG Brigadeiro Raphael Pinto Bandeira, Rancho Folclórico, Centro Cultural Italiano Giovanotti, Grupo Solovey, Grupos Folclóricos de Estrela e Cia. de Dança Afro Daniel Amaro.

O meio digital proporciona novas formas de criar e sentir. A lição que o isolamento traz é de que devemos seguir investindo na convivência virtual de qualidade, estreitando laços e práticas e proporcionando novas experiências. As oficinas colaboram muito nesse processo, pois familiarizam o público com o que será apresentado tornando a experiência mais agradável e enriquecedora. Confira a programação abaixo:

Programação:

LIVES no Instagram: @povosdors

05 de fevereiro, às 12h – Live com Grupo Kadima
12 de fevereiro, às 19h30 – Live com Grupo Jupem
19 de fevereiro, às 19h30 – Live com CTG Brigadeiro Raphael Pinto Bandeira
26 de fevereiro, às 19h30 – Live com Afro-Sul
01 de março, às 19h30 – Live com Rancho Folclórico da Casa dos Açores
08 de março, às 19h30 – Live com Centro Cultural Italiano Giovanotti
15 de março, às 19h30 – Live com Folclore Ucraniano Solovey
22 de março, às 19h30 – Live com Grupos Folclóricos de Estrela
29 de março, às 19h30 – Live com Cia. de Dança Afro Daniel Amaro
05 de abril, às 19h30 – Live com Grupo Andanças

OFICINAS

09 de abril
16h – Kadima
17h – Grupo Jupem
18h – CTG Brigadeiro Raphael Pinto Bandeira

10 de abril
15h – Afro-Sul
16h – Rancho Folclórico da Casa dos Açores
17h – Centro Cultural Italiano Giovanotti
18h – Folclore Ucraniano Solovey

11 de abril
16h – Grupos Folclóricos de Estrela
17h – Cia de Dança Afro Daniel Amaro
18h – Grupo Andanças

APRESENTAÇÕES

09 de abril, 20h – Kadima, Grupo Jupem e CTG Brigadeiro Raphael Pinto Bandeira
10 de abril, 20h – Afro-Sul, Rancho Folclórico da Casa dos Açores, Centro Cultural Italiano Giovanotti e Folclore Ucraniano Solovey
11 de abril, 20h – Grupos Folclóricos de Estrela, Cia de Dança Afro Daniel Amaro e Grupo Andanças

FICHA TÉCNICA

Diretora geral: Cláudia Maria Dutra e Silva
Identidade visual e redes sociais: Ananda Aliardi / Anandices
Assessoria de imprensa: Bebê Baumgarten Comunicação
Transmissão online: Sustain Produções
Mestre de cerimônias: Rodrigo Marquez
Edição de vídeos: Ana Vieira Produções

FESTIVAL POVOS DO RS

De 05 de fevereiro a 11 de abril de 2021
Nas plataformas digitais do projeto

Financiamento:

Secretaria de Estado da Cultura do RS, Secretaria Especial da Cultura e Ministério do Turismo do Governo Federal # LEI ALDIR BLANC – edital 09/2020 da SEDAC RS para ser realizado com recursos da Lei n. 14.017/2020

Informações para a imprensa:
Bebê Baumgarten Comunicação

Fotos:
Maciel Goelzer e Claudio Etges

PUBLICIDADE