Hoje, sábado dia 19/12, às 19h, estréia o EP visual Tami TRIO ao vivo na Quarta Aumentadano canal do YouTube da Pedra Redonda. O álbum já pode ser ouvido em todas as plataformas de música desde ontem, dia 18, exatamente um ano depois da gravação.

Fazer música é trocar, é ensinar e aprender. Musicar é sobretudo estar ciente de que existe o
outro. O outro existe em suas particularidades, em sua trajetória. Partilhar é se conectar, se
comunicar com a pessoa que existe dentro do outro. Existem professoras e professores
espalhades pelo Brasil que transcendem o sofrimento e a frustração de cada dia: traçam seus
passos firmes apesar de tudo o que ainda há para ser feito e amorosamente dividem conosco
os saberes preciosos que guardam, cuidam e transmitem em diálogo com as subjetividades
alheias que encontram no caminho. Esses saberes encantam e reencantam nossa vida, nos
lembrando de sorrir. Nos lembrando que é preciso brincar, cantar; é preciso dançar, é preciso
musicar. Nos lembram que é preciso (e possível) amar o outro que é diferente de mim.

(Tamiris Duarte)


Um retrato fiel do momento, o EP visual instrumental Tami TRIO ao vivo na Quarta
Aumentada homenageia ritmos brasileiros de manifestações tradicionais como o

Bumba-meu-boi do Maranhão e o Coco. Nascido a partir das vivências ao lado de mestre
Tião Carvalho (seu mestre de música e de vida) e de pesquisas acadêmicas da
contrabaixista, o trio se empenha em honrar musicalmente as tradições com as quais teve
contato e em valorizar a alegria, a interação e a espontaneidade.

Impossibilitades de promover encontros de corpos a praticamente um ano, o coletivo da
Pedra Redonda traz esse lançamento como convite a uma lembrança boa, com o objetivo
de acalentar os corações de quem partilhou a presença física do momento e de mostrar
para o mundo um caminho possível sobre a nossa visão de cura: a atenção amorosa e
compartilhada.

Sobre as imagens do EP visual, Vinícius Angeli, responsável pela edição, comenta “acredito
que evocam a memória e o fazer artístico de uma forma ampla. É um processo que, a partir
de uma reunião de registros, faz sua passagem no tempo através de sons e cores e conversa
com a espontaneidade do som
”.

A QUARTA AUMENTADA
A Quarta Aumentada #4 é um projeto idealizado e produzido pelo grupo Instrumental
Picumã
, de Porto Alegre, e foi criado com a intenção de estimular a cena da música
instrumental, não somente através de shows, mas também com troca de experiências,
formação de público e interação. Sua estreia ocorreu em fevereiro de 2019, no Amadeus
Pub e, até o início de 2020, as quartas-feiras de música instrumental aconteceram
mensalmente no Gravador Pub (Rua Conde de Porto Alegre, 22 – bairro São Geraldo, Porto
Alegre). Foram realizadas 36 edições desde o início do projeto, com dezenas de músicos
convidados, como Arismar do Espírito Santo, Bebê Kramer, Paulinho Fagundes, Cristian
Sperandir, entre outros. Além das apresentações, foram produzidos dois workshops de
criação musical com o multi-intrumentista paulista Arismar do Espírito Santo. O projeto
funciona como um clube de vivência da cultura instrumental: em cada noite o grupo
Instrumental Picumã recebe um ou mais convidados. Os grupos se apresentam e depois se
misturam no palco, proporcionando um momento de jam session com a participação dos
presentes na plateia, tornando as quartas-feiras um dia importante para a cena da música
instrumental de Porto Alegre.

// FICHA TÉCNICA
Tamiris Duarte: baixo
André Brasil: guitarra
Lucas Fê: bateria
Captação de áudio ao vivo por Texo Cabral no Gravador Pub, em 18 de dezembro de 2019

Mixagem e masterização por Wagner Lagemann no Estúdio da Pedra Redonda, em 2020.
Um projeto de 229 visuais
Captação de vídeo por Vinícius Angeli, Leonardo Gadea, Paola Kirst e Neube Neto
Edição por Vinícius Angeli
Projeto Gráfico por Vitória Proença
Produção Executiva por Tamiris Duarte, Paola Kirst e Pedro Borghetti

0