No dia 26 de novembroquinta-feira, às 18h30, o projeto Audições Comentadas de Jazz homenageia o saxofonista norte-americano Stan Getz. O evento virtual será conduzido ao vivo pelo jornalista Paulo Moreira, que apresentará ao público histórias, curiosidades e memórias do artista, e ainda terá participação musical do saxofonista Luizinho Santos e da pianista Bethy Krieger interpretando algumas das maiores composições de Getz.

Stan Getz, tenor saxophonist at Kastrup Airport CPH, Copenhagen 1958-09-10.

A atividade será transmitida pela plataforma Zoom, com possibilidade de interação entre o público e o ministrante. As inscrições custam R$ 20 e podem ser feitas no site www.institutoling.org.br.

Stan Getz (1927-1991) foi um dos responsáveis por difundir a bossa nova pelo mundo. O saxofonista fez parcerias com grandes nomes da música brasileira, como Tom Jobim. Com João Gilberto, o músico fez história em 1965 ao ganhar o Grammy de Álbum do Ano, por Getz/Gilberto, o primeiro disco de jazz a levar o prêmio. Na mesma noite, a dupla também conquistou o prêmio de Gravação do Ano com uma versão de Garota de Ipanema, desbancando os Beatles, que concorriam na mesma categoria. O músico também foi importante para o cool jazz, tocando com grandes nomes do gênero, como Oscar Peterson, Chick Corea e Stanley Clarke.

Luizinho Santos iniciou sua carreira profissional em 1979, tendo atuado com artistas significativos da cena musical gaúcha e nacional, além de ter participado como músico convidado em concertos da OSPA e das orquestras da Unisinos e da PUCRS. Dedica especial atenção à música instrumental, apresentando-se como solista com o seu quarteto e octeto em diversos projetos. Com seu primeiro CD, Encontro dos Ventos, de 1999, foi vencedor do Prêmio Açorianos nas categorias de melhor CD instrumental e melhor instrumentista, além de ter sido pré-selecionado ao Projeto Rumos Itaú. Em 2012, lançou seu segundo CD, Almanaque Popular, com seu octeto.

Bethy Krieger é pianista, compositora, arranjadora e educadora musical, licenciada pela UFRGS. Participa intensamente da cena musical gaúcha, em especial da música instrumental. Seu livro Descobrindo a música: ideias para sala de aula (2005), voltado à arte-educação nas escolas, foi indicado ao Prêmio Açorianos de Literatura. Com seu primeiro álbum, Pampa y Piano, obteve cinco indicações para o prêmio Açorianos, ganhando na categoria de melhor CD instrumental.

Paulo Moreira tem 39 anos de carreira, na sua maioria dedicados à produção, redação e radiodifusão de conteúdos musicais. Atuou na Rádio 102 FM, de 1994 a 1996, produzindo o programa Jam Session, apresentado por Ruy Carlos Ostermann. De 1997 a 1999, exerceu crítica de música e cinema no jornal Correio do Povo. Realizou cursos sobre História do Jazz e do Rock durante quatro anos dentro da programação do StudioClio. Produziu e apresentou o programa Sessão Jazz na rádio FM Cultura por quase 20 anos. Atualmente, apresenta o mesmo programa na rádio online salvesintonia.com, mostrando o jazz de todos os tempos e as manifestações instrumentais dos artistas gaúchos, brasileiros e internacionais. O programa vai ao ar de segunda a sexta, das 20h às 22h, e tem reprises nos mesmos dias, das 7h às 9h.

As Audições Comentadas de Jazz são uma realização do Instituto Ling e do Ministério da Cidadania / Governo Federal, com patrocínio de Crown Embalagens, Fitesa e America Tampas.

SERVIÇO – PROGRAMAÇÃO ON-LINE – MÚSICA
Audições Comentadas de Jazz em homenagem a Stan Getz com o jornalista Paulo Moreira e canja musical com o saxofonista Luizinho Santos e a pianista Bethy Krieger
Dia 26 de novembro, quinta-feira, às 18h30
As inscrições custam R$ 20 e podem ser feitas no site www.institutoling.org.br

Classificação etária: Livre
Duração: 90 minutos

Informações úteis
www.institutoling.org.br
www.facebook.com/InstitutoLing
www.instagram.com/Instituto.Ling
twitter.com/@InstitutoLing
www.youtube.com/c/InstitutoLingCultural

Fone: 51 3533-5700
Email: [email protected]

Sobre o Instituto Ling
Com 25 anos de atuação, o Instituto Ling é uma instituição sem fins lucrativos voltada para a transformação da sociedade através da educação e da cultura. Criado e mantido pela família Ling, atua em três segmentos: educação, cultura e saúde. Sua missão é promover o desenvolvimento humano e a evolução da sociedade através da disseminação de diferentes formas do conhecimento, da liberdade de pensamento, da valorização da cultura e da saúde. Na área da educação, desde 1995 auxilia jovens líderes a desenvolverem seus potenciais intelectuais e empreendedores através da concessão de bolsas de estudo para as melhores instituições do mundo. A abertura de seu centro cultural em Porto Alegre, no ano de 2014, ampliou e solidificou a atuação do Instituto, firmando-o como centro de referência na disseminação do conhecimento e do livre-pensar, fomentador da educação de excelência em seus múltiplos formatos e provedor de serviços e produtos culturais diferenciados, com elevado padrão de qualidade e estética.
 
Na área da saúde, o Instituto Ling estabeleceu parceria com o Hospital Moinhos de Vento, em 2015, para a implantação de um centro de referência no tratamento do câncer em Porto Alegre, e com a Santa Casa de Misericórdia, em 2019, contribuindo para a construção do novo prédio do complexo hospitalar em Porto Alegre. A família Ling, mantenedora do Instituto, é proprietária da “holding company“ Évora. O grupo empresarial produz e comercializa latas de alumínio para bebidas, não-tecidos de polipropileno (usados principalmente na produção de descartáveis higiênicos) e tampas plásticas para bebidas e produtos de higiene e beleza.

Assessoria de Imprensa:
Jéssica Barcellos Comunicação

0